Desde a primeira temporada de Lucifer, vários anjos já apareceram e interagiram com o Rei do Inferno e sua turma.

Amenadiel é um dos personagens principais da série, Uriel, Azrael e Remiel também fizeram pequenas participações no decorrer das quatro temporadas.

Com a confirmação da quinta e última temporada de Lucifer, outros seres celestiais pode dar o ar da graça.


Confira abaixo 5 anjos que podem aparecer na temporada final de Lucifer!

Gabriel

Gabriel já foi citado em Lucifer, mas o arcanjo nunca chegou a aparecer. Gabriel é um dos anjos mais importantes da tradição cristã, e segundo a bíblia, atua como uma espécie de mensageiro de Deus, trazendo profecias e revelações importantes para os humanos. Foi ele quem revelou para Maria que ela seria a mãe do filho de Deus. Como o próprio Lucifer já fez referência ao irmão, a chegada do anjo pode estar mais próxima do que os fãs imaginam.

Rafael

Assim como Gabriel, Miguel e Lucifer (antes de virar o Diabo), Rafael é um arcanjo, a classe mais poderosa de anjos. Rafael é citado tanto nas religiões cristãs quanto judaicas e islâmicas, e associado a poderes de cura e restauração. Seria interessante ver um anjo gentil e piedoso, já que a maioria dos que apareceram na série foram vilões.

Castiel

Castiel também já foi citado na série, possivelmente como uma divertida referência à Supernatural. Castiel não é um personagem proeminente na mitologia cristã, tendo apenas seu nome citado em obras hebraicas, sem grandes detalhes. O nome Castiel significa “Escudo de Deus”.

Metatron

Metatron é um dos anjos mais importantes da cabala judaica, sendo representado como o “Escriba de Deus”. A missão desse anjo seria registrar tudo que acontece no universo e servir como um intermediário dos outros anjos com o plano de Deus. Sua importância estaria até acima da dos arcanjos. O anjo também apareceu em Supernatural.

Miguel

Miguel é o arqui-inimigo de Lucifer, líder dos exércitos celestiais e responsável pela derrota do irmão na rebelião dos anjos. Ele é um contraponto a tudo que Lucifer representa, e ao mesmo tempo um complemento à personalidade do irmão. Faria sentido a temporada final de Lucifer o anjo responsável pelo início da história de Morningstar.

A quinta temporada de Lucifer ainda não tem previsão de estreia.