Em suas 15 temporadas, Grey’s Anatomy mandou muitos personagens para o cemitério, entre médicos, pacientes, mocinhos e vilões.

Algumas mortes, no entanto, até hoje não foram esquecidas pelos fãs, e trazem lágrimas sempre que mencionadas.

O site Screen Rant produziu uma lista com as 10 mortes mais impactantes de Grey’s Anatomy. Confira abaixo!


Samuel Avery

Fãs de Grey’s Anatomy comemoraram quando April descobriu estar grávida do amado Jackson. No entanto, a alegria foi transformada em tristeza quando o casal descobriu que o bebê sofria má formação e não sobreviveria fora do útero. Devido às suas crenças religiosas, April se recusou a interromper a gravidez, e deu a luz a um menino batizado de Samuel Avery, que morreu momentos depois do parto.

Ellis Grey

Ellis Grey nunca foi uma mãe exemplo, mas sua morte foi extremamente triste. A médica foi diagnosticada com Alzheimer e Meredith se tornou sua principal cuidadora. A morte da mãe provocou grande impacto no futuro de Meredith.

Henry Burton

Após finalmente conseguir conquistar Teddy, Henry Burton teve que se submeter a uma cirurgia de emergência, performada por Cristina. No entanto, mesmo com os esforços da Dra. Yang, Burton acabou morrendo.

Adele Webber

Após ver Ellis sofrendo como o Alzheimer, Richard Webber passou pela mesma batalha com Adele, diagnosticada com a mesma doença. A batalha foi brutal, e Adele acabou morrendo de ataque cardíaco tempos depois.

Lexie Grey

Lexie Grey era uma das personagens mais queridas dos fãs de Grey’s Anatomy, e sua morte foi realmente chocante. A cena dela presa debaixo das ferragens enquanto Mark segura sua mão é um das mais pesadas da série, e até hoje emociona os fãs.

Mark Sloan

Falando do acidente de avião, Mark só sobreviveu para voltar a Seattle, onde acabou morrendo. O pior foi o fato dos fãs terem que se despedir do personagem duas vezes, uma no episódio que os amigos decidem desligar os aparelhos – a pedido de Mark- e a outra no episódio subsequente, com vários flashbacks da vida do médico.

George O’Malley

George morreu como o herói que os fãs sempre souberam que ele era. Ele pulou na frente de um ônibus para salvar a vida de um estranho. Quando conseguiram transportá-lo para o hospital, já era tarde demais.

Doc

Doc não era humano, mas sua morte foi tão triste quanto a de qualquer personagem. O cachorro de Meredith foi diagnosticado com câncer nos ossos e a única opção era a eutanásia. Derek e Meredith ficaram com o cãozinho até o final, em uma cena extremamente emocionante.

Denny Duquette

Em relação aos pacientes de Grey’s Anatomy, Denny é o preferido dos fãs. O romance entre ele e Izzie era errado, mas o público torceu pelo casal mesmo assim. O momento que Izzie descobre que seu amado morreu é um dos mais tristes da série.

Derek Shepherd

Com a morte de Derek, também faleceu o romance mais impactante da história de Grey’s Anatomy. A morte de Derek foi basicamente o resultado de incompetência médica, e não haveria outra maneira de tirá-lo da série e manter o romance imortal de Meredith.

Grey’s Anatomy já está renovada para mais duas temporadas.