2019 está chegando na metade, mas já temos alguns grandes campeões de bilheteria nos cinemas. Alguns nem devem ser superados, dado o resultado impressionante.

Separamos aqui as 10 maiores bilheterias mundiais do ano até agora, considerando o valor dos EUA com todos os mercados internacionais. Vale reforçar que os números estão em constante alteração.

Confira abaixo.


10. Dumbo – US$ 351.4 milhões 

E olha lá o Mickey Mouse de novo. A versão live-action de Tim Burton para o clássico Dumbo não foi exatamente um estouro, mas foi capaz de trazer alguns trocados para a Disney. Porém, o filme não conseguiu compensar seu orçamento de US$170 milhões nos EUA, onde trouxe apenas US$114 milhões. É, Burton não repete mais aquele sucesso bilionário de Alice no País das Maravilhas.

9. Shazam! – US$ 363.4 milhões 

A mais baixa arrecadação da nova fase da DC, e que demonstra um planejamento defeituoso por parte da Warner Bros. Colocar um filme de escala menor tão perto do colossal Vingadores: Ultimato foi um erro, e Shazam! rendeu bem menos do que poderia – a crítica foi bem generosa com o filme da DC. Ao menos não houve prejuízo, já que o orçamento foi modesto.

8. Godzilla 2: Rei dos Monstros – US$ 366.5 milhões 

Godzilla não é exatamente muito popular nos EUA, mas O Rei dos Monstros conseguiu ficar – pelo menos por enquanto – entre os 10 maiores filmes do primeiro semestre. Foi uma passagem muito modesta pelos EUA, mas conseguiu recuperar a maior parte de seu orçamento nos mercados internacionais. Porém, deve diminuir o vapor no universo monstruoso da Warner/Legendary.

7. Alita: Anjo de Combate – US$ 404.9 milhões

A adiada produção de James Cameron provou muitos analistas errados ao se tornar um sucesso modesto. Alita: Anjo de Combate trouxe respeitáveis US$404 milhões em caixa, que podem não ser o suficiente para garantir uma sonhada continuação (afinal, o orçamento foi de US$170 milhões e o maior capital veio de mercados internacionais), mas são bem mais elevados do que a previsão baixíssima de veículos de imprensa nos EUA.

6. Pokémon: Detetive Pikachu – US$ 425.2 milhões 

A expectativa era que Detetive Pikachu fosse o grande sucesso da Warner Bros no ano, dada a popularidade de Pokémon pelo planeta. Não foi um grandioso estouro bilionário, mas a aventura com Ryan Reynolds trouxe belos US$425 milhões, já garantindo a continuação.

5. Como Treinar o seu Dragão 3 – US$ 519.8 milhões 

A DreamWorks finalmente trouxe o terceiro capítulo de sua adorada franquia de animação épica, e o resultado parece ter agradado. Além da crítica positiva, Como Treinar o Seu Dragão 3 arrecadou US$519 milhões nas bilheterias, superando o primeiro filme, mas ficando abaixo do segundo.

4. Terra à Deriva – US$ 699 milhões

Você pode nunca ter ouvido falar de Terra à Deriva, mas é um dos grandes sucessos do ano nos mercados internacionais. A produção chinesa fez quase US$700 milhões no mundo todo com apenas US$5 milhões nos EUA, e encontra-se disponível no catálogo da Netflix no Brasil.

3. Aladdin – US$ 819 milhões 

Quem diria? O remake live-action de Aladdin causou uma péssima primeira impressão com as primeiras fotos e o visual de Will Smith como Gênio. O filme de Guy Ritchie se mostrou bem melhor do que parecia, e já rendeu US$815 milhões ao redor do mundo, trazendo um bom lucro para Disney, que pode abocanhar mais um bilhão em 2019. Será que veremos O Retorno de Jafar?

2. Capitã Marvel – US$ 1,128 bilhões

A Marvel Studios começou o ano com o pé direito na primeira aventura da heroína de Brie Larson, sendo também o primeiro bilhão de 2019. Capitã Marvel trouxe muita atenção pelo fator representatividade em sua protagonista, além de sua proximidade com Vingadores: Ultimato.

1 Vingadores: Ultimato – US$ 2,751 bilhões 

Até o fechamento desta lista, Vingadores: Ultimato ainda não havia se tornado o maior filme de todos os tempos. É bem possível considerando o “relançamento” que a Marvel Studios promoveu neste final de semana, mas ainda assim, nenhum filme deve repetir o feito dos Maiores Heróis da Terra este ano. O filme conseguiu quebrar a barreira de US$1 bilhão no primeiro final de semana, e conseguiu dobrar esse valor no seguinte, já sendo por si só muito impressionante.