Vingadores: Guerra Infinita foi um marco para os filmes de super-heróis. Porém, para muitos fãs e especialistas, Vingadores: Ultimato conseguiu superar seu antecessor em vários aspectos importantes.

Por isso, o ScreenRant fez uma lista das 10 coisas que Vingadores: Ultimato fez melhor do que Vingadores: Guerra Infinita.

Confira a seguir:


10 – Resolver o dilema de Hulk/Bruce Banner

Bruce Banner encontrou muitas dificuldades em Vingadores: Guerra Infinita. O herói entendeu que precisava do Hulk para lutar, mas não conseguiu encontrar o equilíbrio necessário para convencê-lo a ajudar na luta contra Thanos.

Em Vingadores: Ultimato, essa questão é finalmente resolvida com o surgimento da persona do Professor Hulk, uma versão “inteligente” do monstro, concluindo então a evolução de Hulk/Banner dentro da história.

9 – O relacionamento de Tony e Pepper

Em Vingadores: Guerra Infinita, Pepper Potts mal participa do filme. A única cena dela com Tony Stark acontece no início do filme e ela é bem curta. Já em Ultimato, os dois personagens tem um relacionamento bem significativo.

Eles se casam, vivem juntos, criam uma família e inevitavelmente acabam separados graças ao destino final de Tony Stark. Mesmo com um final trágico, a história deles foi melhor desenvolvida no segundo filme.

8 – A importância dos 6 originais

Nem todos os Vingadores originais tem um papel importante em Vingadores: Guerra Infinita. O Gavião Arqueiro por exemplo está totalmente ausente do filme.

Já em Vingadores: Ultimato, além da participação efetiva de todos na vitória sobre Thanos, fica claro que no fim das contas essa história é sobre os seis Vingadores originais.

7 – A batalha final

Em Vingadores: Guerra Infinita, não temos apenas uma batalha final. Os diretores optaram por dividir os heróis em duas batalhas diferentes contra Thanos, o que é impressionante mas não chega nem perto do valor dramático da batalha final de Vingadores: Ultimato, que conta com quase todos os personagens do Universo Marvel lutando juntos.

6 – Conclusão da história de vários personagens

Com diversas mortes chocantes, os Vingadores ficaram com o destino em aberto ao final de Guerra Infinita. Vingadores: Ultimato trás uma conclusão satisfatória para vários personagens, além de dar uma projeção do futuro deles, como é o caso do Thor, Pantera Negra e tantos outros.

5 – Destinos em aberto

Alguns personagens que morreram em Vingadores: Guerra Infinita não tiveram seu destino resolvido em Vingadores: Ultimato. Apesar disso, em Vingadores: Ultimato tivemos a certeza de que personagens como Visão e Gamora terão algum papel no futuro do MCU, seja ele nos próximos filmes ou nas séries anunciadas para o Disney+. De qualquer forma, Ultimato deixou uma janela de possibilidades em aberto de um jeito que Guerra Infinita não consegiu fazer.

4 – Momentos emocionantes

De fato, Vingadores: Guerra Infinita foi um filme com cenas bem emocionantes. Fãs do mundo inteiro choraram com o “estalar” de Thanos que matou vários heróis. Mas em Ultimato temos a conclusão da jornada vários personagens, jornadas essas que em alguns casos duraram mais de 10 anos.

As mortes de Vingadores: Ultimato são definitivas e a conclusão dos personagens é algo que fecha um ciclo que inclui 22 filmes. O peso dramático é muito maior.

3 – Um final de verdade

Vingadores: Guerra Infinita tem um bom final, mas ele ainda é um final em aberto. Todos que assistiram o filme sabiam que era um filme de duas partes e que aquele final não era um final definitivo para a história e sim algo temporário. O final de Vingadores: Ultimato é de fato uma conclusão, que encerra algumas histórias para sempre.

2 – Créditos

As cenas pós-créditos já viraram tradição na Marvel. Apesar disso, a decisão criativa de não incluir uma cena pós-créditos em Vingadores: Ultimato foi uma decisão acertada. Ao invés de repetir a fórmula, os criadores fizeram uma grande homenagem aos seis Vingadores originais, o que mostrou mais uma vez como o filme entrega conclusão satisfatória.

1 – Referências a filmes anteriores

Resultado de imagem para avengers assembleApesar de incluir personagens que foram introduzidos em filmes anteriores, Vingadores: Guerra Infinita não exige que o telespectador assista esses filmes. Já em Ultimato, muitas referências aos 21 filmes do MCU são incluídas, desde diálogos parecidos até repetição de cenas.

Esse aspecto mostra o cuidado com que o filme foi feito e como ele valoriza toda a história do MCU até então, sendo de fato uma conclusão perfeita para uma história épica.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.