O reboot MIB: Homens de Preto – Internacional está chegando aos cinemas nesta semana, e pela primeira vez não conta com a dupla icônica de Will Smith e Tommy Lee Jones.

Para a nova versão, Chris Hemsworth e Tessa Thompson retomam a parceria de Thor: Ragnarok para interpretar novos agentes do universo de MIB. Aqui, vamos fazer uma série de comparações para tentar escolher quem é a melhor dupla da franquia.

Confira abaixo.


O veterano: Hemsworth vs Jones

Essa é uma derrota tremenda para Chris Hemsworth. O Agente K de Tommy Lee Jones é uma figura muito mais admirável, carismática e interessante do que o genérico Agente H, apenas mais uma variação do arquétipo do herói convencido que enfrenta lições de humanidade – e infelizmente não há muito o que Hemsworth possa fazer com um material tão limitado. 

O recruta: Thompson vs Smith

Aqui a competição fica mais acirrada. Tessa Thompson é facilmente o melhor elemento de MIB: Homens de Preto – Internacional, trazendo uma boa história de origem e uma aproximação orgânica com a agência de relações alienígenas. Não deixa em nada a dever para o Agente J de Will Smith, que é uma explosão de carisma, humor e também um ótimo personagem. Não teve jeito, é um empate.

Química da dupla

A interação do agente veterano rabungento com o recruta novato e piadista funciona perfeitamente na trilogia original de Homens de Preto. O reboot tenta alterar a fórmula ao tornar a recruta de Thompson mais séria do que o veterano bobalhão de Hemsworth, e por mais que o casal tenha se dado bem em Thor: Ragnarok, não consegue repetir a magia. Ponto para Will Smith e Tommy Lee Jones, sem dúvida.

Estilo!

Certo, temos as duas duplas usando ternos escuros em ambas as versões de Homens de Preto. Ambas estão bem vestidas, mas o diabo está nos detalhes: não perdoamos as meias coloridas que o Agente H de Chris Hemsworth, tampouco a bota de salto alto de M. Mais um ponto para Smith e Jones, que prevalecem pela elegância simplificada.

Eficiência na ação

Nenhuma das duplas é exatamente perfeita, mas com certeza Will Smith e Tommy Lee Jones demonstram mais eficiência em solucionar grandes missões alienígenas do que Tessa Thompson e Chris Hemsworth. Mesmo sem memória ou no passado da década de 50, o Agente K é mais capaz do que o H de Hemsworth, ao passo em que a M de Thompson é boa para uma novata, mas precisa carregar o peso morto de seu parceiro.

Humor

MIB: Homens de Preto – Internacional é o filme de comédia mais sem graça dos últimos anos. Nenhuma das piadas entre a dupla funciona, com Hemsworth trazendo só mais uma variação do Thor mais bobo de Ragnarok e seu personagem de Thor: Ragnarok. Vitória fácil de Will Smith e Tommy Lee Jones.

Gadgets

As duas versões de Homens de Preto têm armas e equipamentos similares, mas MIB: Internacional traz boas atualizações. Além de um novo carro voador, temos armas a laser que trazem maior poder de fogo, uma moto voadora sensacional e até mesmo um sistema de metrô que conecta os EUA com a Europa. Temos que dar este ponto ao filme de F. Gary Gray.

RESULTADO: Não tinha nem dúvida, com todo o respeito ao elenco do novo filme. Will Smith e Tommy Lee Jones formam uma das duplas mais divertidas do cinema Blockbuster recente, e deixam os agentes H e M comendo poeira.

MIB: Homens de Preto – Internacional está em exibição nos cinemas.