Lagertha é de longe uma das personagens mais populares de Vikings. A guerreira nórdica vem enfrentando inimigos poderosos, dentro e fora do campo de batalha, desde a primeira temporada da série.

Representando de maneira bem fiel as mulheres Vikings, Lagertha é um verdadeiro modelo de poder e força para seu público feminino.

Entre feitos de grande força ou inteligência, confira abaixo os 10 momentos mais impressionantes de Lagertha em Vikings!


A morte de Aslaug

Diferentemente de Lagertha, Aslaug nunca contou com o apoio do público. A personagem sempre foi vista como “a outra” por fãs do relacionamento de Lagertha com Ragnar. Como uma boa Viking, Lagertha não se esquece da traição e acaba matando Aslaug e conseguindo sua vingança.

O sacrifício

Para garantir a vitória dos Vikings conta os exércitos anglo-saxões, o Earl Jorgensen se oferece como sacrifício para os Deuses. É Lagertha que executa o nobre, provando sua sintonia com o mundo místico.

A tortura de Egil

Após um ataque fracassado a Kattegat, feito sob as ordens do Rei Harald, Egil é capturado pelas forças de Lagertha. O Bastardo acaba torturado pela própria guerreira, em um momento comemorado pelo público.

O Rei Ecbert

Lagertha sempre se mostrou uma mulher segura e confortável com sua própria sexualidade, o que não era comum na época da série. Durante da terceira temporada, Lagertha e Ecbert desenvolvem um curto affair. No entanto, mesmo envolvida com o monarca, Lagertha permanece alerta às intenções do personagem.

A batalha contra os saxões

Muitos fãs de Viking gostam de Lagertha porque ela é uma excelente guerreira. Uma das melhores combatentes da série, é na batalha contra os anglo-saxões que as habilidades de Lagertha brilham com mais intensidade.

A morte do Earl Sigvard

Poucas cenas de Vikings causaram tanto prazer nos fãs quanto a que Lagertha finalmente se livra de seu abusivo, negligente e violento segundo marido. A guerreira esfaqueia Sigvard no olho na frente de seus súditos.

Ensinando lições

A violência sexual ainda acontece em níveis assustadores hoje em dia. Porém, antigamente, a situação era ainda pior. No primeiro episódio da primeira temporada de Vikings, dois homens se aproximam de Lagertha quando ela está sozinha, com a intenção de estupra-la. Lagertha não se amedronta e enfrenta os criminosos de cabeça erguida.

A Rainha de Kattegat

Quando Lagertha finalmente assume o trono de Kattegat, fãs do mundo inteiro comemoraram. A personagem se prova uma ótima governante, enfrentando inimigos externos e internos para proteger seu povo. Além disso, ela cria um poderoso grupo de guerreiras.

Mais uma lição

Lagertha já provou que não suporta estupradores. Durante a primeira temporada da série, a guerreira flagra Knut abusando de mulheres inglesas. Em um ataque de ódio, ele tenta matar a própria Lagertha, que consegue superar o guerreiro e matá-lo em uma cena extremamente satisfatória.

O divórcio

Após a traição de Ragnar com Aslaug, Lagertha faz a melhor coisa que uma mulher madura e segura poderia fazer. Ela toma a decisão de se separar do marido, mesmo ainda tendo sentimentos profundos por Ragnar. É nesse momento que Lagertha prova que sua coragem não se restringe aos campos de batalha.