A série spin-off de Game of Thrones ainda é um grande segredo, ao passo que pouquíssimas informações foram reveladas pela HBO.

Felizmente, George R. R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo, que deram origem à série da HBO, revelou mais alguns detalhes sobre a vindoura série prelúdio à EW.

Dito isso, aqui vão alguns dos pontos levantados pelo autor durante a entrevista.


100 reinos

Quando Game of Thrones começa, Westeros contém sete reinos, o que é citado inúmeras vezes ao longo da série. No entanto, a série prelúdio terá um número muito maior de pequenos reinos formando Westeros.

“Falamos sobre os Sete Reinos de Westeros; tinham sete reinos na época da conquista de Aegon”, disse Martin. “Mas se voltarmos mais ainda, tinham nove reinos, e 12 reinos, eventualmente você volta para um tempo em que existiam cem reinos – pequenos reinos – e essa é a época da qual estamos falamos aqui”.

Se sete reinos geraram todos aqueles conflitos em Game of Thrones, imagine quantas brigas veremos em uma série com 100 reinos!

Stark e lobos gigantes

Considerando que os Stark são descendentes dos primeiros homens, já era meio óbvio que eles existiriam na série, mas George R. R. Martin confirmou a aparição da famosa família na série prelúdio de Game of Thrones.

“Os Stark certamente estarão lá”, disse Martin. “Obviamente os Caminhantes Brancos estão lá – ou como eles são chamados nos meus livros, os outros – e isso será um aspecto da série. Há coisas como lobos gigantes e mamutes”.

Nada de Lannister

George R. R. Martin também revelou que a série derivada de Game of Thrones se passa antes do surgimento da família Lannister. O Rochedo Casterly, no entanto, já existe e é ocupado por outra família – os Casterly.

“Os Lannister não estão lá ainda, mas Rochedo Casterly certamente está; é como Gibraltar”, continuou. “Na verdade é ocupado pelos Casterly – o nome continuou até o tempo de Game of Thrones”.

Eventualmente os Casterly são expulsos da própria casa por Lann o Esperto, que funda a casa Lannister. Ainda não sabemos se isso aparecerá na série.

Não há personagem principal

Assim como Game of Thrones, a série prelúdio não terá exatamente um personagem principal (no sentido clássico da palavra). Ao ser perguntado sobre isso, Martin disse:

“Eu não gosto de usar a palavra ‘principal'”, disse Martin. “Como você sabe, para Game of Thrones, nunca indicamos ninguém para atriz principal ou ator principal [em premiações] até recentemente; foi sempre para categorias de coadjuvante, porque a série é sobre um grupo de pessoas. Acho que isso é verdade para essa série [derivada] também. Não temos personagens principais e sim um grande elenco”.

Em todo caso, há sempre um personagem que acaba se destacando mais que outros. Vamos ver quem será nessa série.

Título levemente diferente

Ainda não há título para a série spin-off de Game of Thrones, mas há algumas ideias já circulando na produção, incluindo uma variação do nome que temos escutado há algum tempo: The Long Night.

No caso, o autor disse que ouviu uma sugestão que muda levemente esse título.

“Eu ouvi uma sugestão que poderia ser chamada de The Longest Night [a noite mais longa, em tradução livre], o que é uma variação que eu não me importaria”, disse o autor à EW. “Seria bom”.

O elenco do prelúdio de Game of Thrones tem Naomi Watts, Josh Whitehouse, Georgie Henley, Naomi Ackie, Sheila Atim, Ivanno Jeremiah, Jamie Campbell Bower, Denise Gough, Alex Sharp e Toby Regbo.

A série derivada de Game of Thrones deve ser lançada apenas em 2020.