Depois de muita espera dos fãs, a Netflix finalmente oficializou a Parte 4 de La Casa de Papel. Muitos ficaram com medo que a série não tivesse espaço suficiente para continuar suas histórias depois que o roubo à Casa da Moeda foi concluído, mas a nova leva de episódios da Parte 3 revelou que ainda temos alguns tópicos a serem trabalhados na futura quarta parte.

E com o final da Parte 3 deixando ganchos enormes para aumentar ainda mais a ansiedade dos fãs, chegou a hora de especular: Qual será o futuro desta gangue de ladrões em La Casa de Papel?

Confira nossas previsões a seguir para a 4ª temporada de La Casa de Papel:


Raquel e O Professor

O último episódio da Parte 3 termina em ritmo frenético, com o assalto ao Banco da Espanha indo de mal a pior, e com Raquel sendo capturada pela polícia em meio à sua fuga com o Professor. Dois tiros são disparados, e todos pensamos que Raquel foi cruelmente executada pela polícia, mas logo é revelado que tudo não passou de um plano para frustrar o Professor e fazê-lo pensar que a ex-inspetora estava morta, quando na verdade ela está apenas sendo levada para sabe-se lá onde…

Depois do que aconteceu com Rio, temos motivos de sobra para temer pelo destino de Raquel em La Casa de Papel. A recém-nomeada Lisboa terá o seu amor posto à prova se a nova vilã da série, Alicia, resolver aplicar seus tenebrosos métodos de tortura para descobrir todos os detalhes deste novo plano, mas como bem sabemos, O Professor não costuma estar despreparado para este tipo de situação, e Raquel deve ter algumas informações falsas na manga que podem complicar ainda mais o trabalho da polícia durante a Parte 4.

O Professor e sua revolução

Como diz o intelectual durante os últimos momentos desta temporada de La Casa de Papel, agora é guerra. Esta terceira parte fez questão de elevar sua escala, com os ideias revolucionários do Professor e Berlim sendo mais importantes do que nunca. Os roteiristas da série com certeza possuem algumas ideias para ligar todas as temporadas em um grande plano revolucionário, que só revelaria todas as suas conexões quando a história estiver (realmente) concluída.

É bem possível que já possamos acompanhar estes verdadeiros motivos maiores durante a próxima parte de La Casa de Papel, com o próximo plano entrando em ação, mas primeiro, precisamos resolver as complicações no Banco da Espanha…

Nairobi vai morrer?

A situação de uma das personagens mais queridas dos fãs de La Casa de Papel não está nem um pouco ao seu favor durante o final desta terceira parte. Nairobi foi baleada por um rifle de precisão (você já viu o tamanho de uma bala dessas?) e o tempo está correndo tão rápido quanto o sangue se espalhando pelo chão. Seria a hora de chamar os médicos para dentro do roubo como já vimos acontecer antes, mas a polícia não está tão delicada desta vez, e uma grande batalha começa na entrada do banco, sem muitas chances de negociação.

Acredito que, se os roteiristas quisessem fazer o espectador sentir a morte de Nairobi, eles teriam terminado a temporada dessa forma. Se ainda temos qualquer chance de ver a personagem retornar, eu apostaria seguramente nesta chance. O Professor pode infiltrar algum médico dentro do Banco, ou a situação da personagem pode estabilizar até o grupo conseguir escapar do assalto, mas e o ataque da polícia? Se a (já famosa) metralhadora Browning não segurar a barra, imagino que o (agora amargurado) Professor colocará em ação mais algum plano de comoção pública que comprometerá bastante as ações da polícia, e quem sabe assim, o grupo ganhe tempo suficiente para salvar Nairobi.

O próximo plano

O assalto ao Banco da Espanha não deve se estender por toda a Parte 4 de La Casa de Papel, ou pelo menos, não da mesma forma que vimos no primeiro ciclo da série. Imagino que os próximos episódios também possam acelerar o ritmo e acompanhar uma fuga mais complicada para estes personagens, agora que a polícia possui ainda mais motivos políticos para persegui-los.

Talvez não seja agora, mas suponho que o Professor não esteja planejando mais um assalto a um espaço específico para executar sua guerra. O próximo grande plano poderia envolver etapas diferentes que se espalhassem por toda a cidade (ou o país), o que também acabaria entregando todas as reviravoltas mirabolantes cuidadosamente planejadas que os fãs costumavam adorar nas duas primeiras partes da série.

O amor de Berlim

E a grande reviravolta da temporada acabou não sendo tão grande assim, mas pode estar deixando algumas pistas importantes para o futuro de La Casa de Papel. Berlim não voltou dos mortos, mas o seu espírito revolucionário está bem vivo, com o assalto ao Banco da Espanha se provando um plano seu (junto com o Professor e com Palermo). Mas afinal, onde está Tatiana, a namorada de Berlim que sabia sobre os planos?

Tatiana é uma tremenda ponta solta que com certeza será retomada em algum momento de La Casa de Papel, quando menos esperarmos. Ela pode estar dentro do Banco da Espanha? Ou estaria de prontidão, apenas esperando a guerra revolucionária dos irmãos começar? Minhas apostas estão na segunda hipótese, e seria bem interessante acompanhar os ideais de Berlim sendo levados adiante pela personagem. Morto, mas nem de longe esquecido.

Além de previsões, veja o que já sabemos sobre a Parte 4. Confira também também os 5 motivos que fazem a 3ª temporada de La Casa de Papel a pior de todas! Além disso, as razões que fazem de Berlim mais presente do que nunca e muito mais sobre séries no Observatório de Séries.

A Parte 3 de La Casa de Papel já está disponível na Netflix. A Parte 4 ainda não tem previsão de estreia.