Quando se pensa em vilões de filmes de terror, alguns nomes icônicos vêm à cabeça: Chucky, Freddy Krueger, Jason Voorhees, Jigsaw… Todos eles povoaram os pesadelos de gerações de cinéfilos.

A dúvida que fica é: quem matou mais? Qual dos famosos vilões do terror conta com a maior quantidade de mortes em seu currículo?

Prepare o coração e confira abaixo os 10 vilões que mais mataram em filmes de terror!


Norman Bates – 20

Norman Bates é um dos psicopatas mais conhecidos do cinema, aterrorizando os hóspedes do Motel Bates desde o lançamento de Psicose, em 1960. No filme de Alfred Hitchcock, a morte mais famosa é a de Marion Crane, na icônica cena do chuveiro. A série Bates Motel expandiu a história do personagem, e trouxe mais assassinatos para o jovem Norman. Entre o cinema e a TV, o personagem matou 20 pessoas.

Leatherface – 31

O Massacre da Serra Elétrica é uma das franquias mais violentas da história do terror. Nos 8 filmes da série, 85 pessoas foram brutalmente assassinadas. Dessas mortes, 31 foram cometidas por Leatherface, o vilão mais conhecido. No primeiro filme, lançado em 1974, ele matar apenas 4 pessoas. Vale lembrar que o personagem foi inspirado em parte pelas ações de Ed Gein, um serial killer da vida real.

Pinhead – 35

Lançado em 1987, Hellraiser: Renascidos do Inferno trouxa uma revitalização necessária para o gênero saturado dos filmes “slashers”. A obra de Clive Barker foi criativa, adulta e extremamente estilizada, trazendo a violência a um novo patamar. Pinhead, o líder dos sadomasoquistas Cenobites, foi responsável pela morte de 35 pessoas. O número pode aumentar, já que a saga deve ganhar um reboot em breve.

Chucky – 38

Pequeno e notável, Chucky é definitivamente o boneco mais perigoso da história do cinema. Aparecendo pela primeira vez em O Brinquedo Assassino, de 1988, Chucky traumatizou toda uma geração de crianças e adolescentes. Após o sucesso do filme original, seis sequências foram lançadas, cada uma mais divertida e sangrenta que a anterior. Entre elas, destacam-se a sinistra Brinquedo Assassino 2 e a hilária A Noiva de Chucky. Em seus mais de 30 anos de brutalidade, Chucky matou 38 pessoas. O boneco, no entanto, ainda não está satisfeito. O número de mortos deve aumentar (e muito) com o lançamento do reboot da franquia. O novo Brinquedo Assassino já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Freddy Krueger – 39

Enquanto Jason Voorhees e Michael Myers foram os assassinos clássicos e originais, Freddy Krueger expandiu os limites do horror com alguma das mortes mais criativas e impressionantes do gênero. O fato do vilão assombrar os sonhos das pessoas e conseguir trazer seus poderes para a vida real, é realmente impressionante. Contando com os 8 filmes da franquia original e o reboot de 2010, o protagonista de A Hora do Pesadelo matou 39 pessoas.

Jigsaw – 60

Produzido com um orçamento de pouco mais de 1 milhão de dólares, Jogos Mortais inovou e revolucionou o cenário do terror, faturando mais de 100 milhões nas bilheterias e ajudando a alavancar a carreira de James Wan. Uma verdadeira pioneira do “terror de tortura”, a franquia conta com um vilão extremamente prolífico. Jigsaw, o responsável pelas armadilhas e “jogos”, matou 60 pessoas de maneiras extremamente criativas.

Hannibal Lecter – 98

Hannibal é com certeza o vilão mais sofisticado e inteligente dessa lista. O psiquiatra canibal, interpretado por Anthony Hopkins na série de filmes iniciada por O Silêncio dos Inocentes, é um dos personagens mais influentes da história do cinema, baseado na obra de Thomas Harris. A história do Dr. Lecter foi expandida ainda mais na série Hannibal, que conta com 3 temporadas. Juntando as versões de Hopkins e Mads Mikkelsen, Hannibal quase chegou à centena de mortes, fechando a conta com 98 corpos.

Homem-Invisível – 123

É até estranho ver um vilão dos primórdios do terror no cinema em uma posição tão alta. O Homem-Invisível é o protagonista do filme homônimo, lançado em 1933. Após conseguir a invisibilidade em um excruciante estudo científico, o Dr. Jack Griffin perde a cabeça e resolve matar qualquer um que entre em seu caminho. O vilão chegou a destruir completamente um trem lotado, o que eleva seu número de mortes para 123.

Michael Myers – 133

Graças ao reboot-continuação de 2018, Michael Myers finalmente superou o saldo de mortos do Homem-Invisível. Um dos vilões mais icônicos não apenas do terror, mas do cinema, Myers é um serial killer poderoso, que escapa do manicômio para massacrar qualquer um na noite do Halloween. Contando com os sete filmes da franquia original, o remake de Rob Zombie e a versão de 2018, Michael Myers assassinou 133 pessoas.

Jason Voorhees – 151

O primeiro lugar não poderia ser diferente. Jason é sinônimo aos filmes de terror, e ficou conhecido para sempre como o rosto do gênero, mesmo este rosto sendo uma máscara. O assassino matou 151 pessoas em oito filmes da franquia original, no bizarro Jason X (que leva o psicopata ao espaço), em Freddy vs. Jason e no reboot de 2009. O interessante é que, no primeiro Sexta Feira 13, Jason não é o responsável pelas mortes dos adolescentes. Quem mata é Pamela Voorhees, a desequilibrada mãe do personagem.

Para quem curte filmes de terror, uma ótima opção está em cartaz nos cinemas brasileiros. O reboot de O Brinquedo Assassino estreou no último dia 22, e traz uma versão completamente diferente (e ao mesmo tempo familiar) do icônico Chucky.

O Brinquedo Assassino tem seu elenco Aubrey Plaza (Legion), Gabriel Bateman (Annabelle) e Mark Hammil (Star Wars) como a voz do boneco. A direção é de Lars Klevberg.