Nicolas Cage é 8 ou 80. Ou você odeia, ou você ama. A maioria das performances do ator é marcada exatamente por essa dualidade: ou são geniais, ou são bizarras. As vezes os dois.

A vida pessoal do ator também é marcada por excentricidades e polêmicas. Avaliado com uma fortuna de 150 milhões de dólares no início dos anos 2000, o ator perdeu mais de 80% de sua fortuna, contando atualmente com cerca de 25 milhões.

Entre gastos exorbitantes, processos judiciais e situações bizarras, confira abaixo como Nicolas Cage perdeu sua fortuna!


Impostos

Segundo o site TMZ, Nicolas Cage foi condenado em 2010 a pagar mais de 13 milhões de dólares em impostos atrasados de 2002, 2003, 2004, 2007 e 2009. Na época, o ator afirmou que não sabia das dívidas e iria pagar o valor completo.

Despejos

Ao longo de sua carreira, Nicolas Cage perdeu várias propriedades devido ao alto valor das hipotecas. Primeiramente, o ator perdeu a posse de duas mansões em Nova Orleans. Uma delas é conhecida por ser assombrada e pertenceu a Delphine LaLaurie, uma das serial killers mais prolíficas dos Estados Unidos, interpretada por Kathy Bates na terceira temporada de American Horror Story. Anos depois, os bancos tomaram também a mansão do ator em Las Vegas, avaliada em 8,5 milhões de dólares. Na mesma época, o ator também perdeu sua residência em Bel-Air, vendida por 24,6 milhões a menos que o preço original.

Uma ilha

Entre os gastos mais exorbitantes de Nicolas Cage, se destaca uma ilha particular na costa de Bahamas. O ator tentou desenvolver empreendimentos imobiliários no local, mas o projeto foi abandonado logo depois. Cage colocou a propriedade à venda em 2018.

Processo

Em 2009, Nicolas Cage processou seu ex-empresário Samuel Levin. Segundo o ator, o executivo havia “enchido os bolsos de dinheiro enquanto sua carreira ia para o buraco”. Cage pediu 20 milhões de dólares como indenização. Levin contou uma história diferente. O empresário alegou que Cage já estava “profundamente endividado” quando o contratou com 2001. O processo foi resolvido com um acordo misterioso entre as duas partes.

Riqueza medieval

Em 2006, Nicolas Cage comprou um castelo bávaro do século XI, por um valor estimado de 2,3 milhões de dólares. No ano seguinte, o ator adquiriu mais um castelo, desta vez uma propriedade inglesa do século XVIII, por 8 milhões de dólares. Supostamente, Cage também comprou outro castelo, na Alemanha, por 4 milhões.

Pets bizarros

Prepare-se para conhecer o zoológico de Nicolas Cage! O ator gastou boa parte de seus salários adquirindo pássaros, lagartos e cães exóticos. Cage também comprou duas najas albinas, um crocodilo, um tubarão e um polvo avaliado em 150 mil dólares.

Um artefato roubado

Além de contar com pets exóticos, Nicolas Cage também é bem excêntrico na hora de decorar suas residências. Segundo o jornal The Gurdian, o ator venceu Leonardo DiCaprio em um leilão por uma cara caveira de dinossauro. A ossada teria cerca de 70 milhões de anos, e custou ao ator 276 mil dólares. Infelizmente, o ator foi contatado em 2014 com a informação que a ossada era um artefato roubado. A suspeita se confirmou e Cage foi obrigado a retorna à caveira ao governo da Mongólia.

Coisa de filme

Nicolas Cage é um grande fã de HQs. O ator passou boa parte de sua carreira construindo uma coleção invejável de quadrinhos, com edições raras e caríssimas. Segundo o site CNBC, o astro comprou por 150 mil dólares uma das cópias da primeira aparição do Superman nas HQs. O valioso volume de Action Comics No.1 foi furtado da casa do ator em 2000. Surpreendentemente encontrado 11 anos depois em um depósito abandonado, a HQ foi vendida em seguida por 2,1 milhões de dólares, um recorde para o mercado dos quadrinhos.