Os fãs da Marvel foram pegos de surpresa nesta terça-feira (20) quando a Sony Pictures interrompeu sua parceria com o MCU. O Homem-Aranha de Tom Holland não deve mais fazer parte do universo dos Vingadores, devido a disputas financeiras entre os dois estúdios. E agora?

Diante de uma situação inesperada, colocamos as cartas na mesa sobre qual deve ser o próximo passo para o futuro incerto do Cabeça de Teia nos cinemas.

Confira abaixo.


Mesma história, outro universo

A Sony sempre foi detentora do Homem-Aranha e seus personagens, então nada a impede de continuar seguindo a cronologia de Tom Holland, Zendaya e seus demais integrantes. A história de Longe de Casa pode continuar tranquilamente, mas com um elemento crucial: nenhum personagem ou menção ao MCU pode acontecer. Difícil, não impossível.

Enter the Venomverse!

A Sony teve um acerto surpreendente com Venom no ano passado, e segue em sua investida de construir um universo cinematográfico de vilões do herói com Morbius. A saída mais fácil seria colocar o Aranha de Tom Holland no mesmo universo do Eddie Brock de Tom Hardy, enfim trazendo o embate com Venom que os fãs querem ver.

Reboot total

A opção menos provável, e que iria testar a paciência dos fãs. A Sony pode jogar tudo fora e começar do zero mais uma vez, assim como aconteceu no Espetacular Homem-Aranha de Andrew Garfield. Mas com a aceitação e os contratos com Tom Holland, deve ser improvável.

Esqueça tudo e nos dê Homem-Aranha 4 de Sam Raimi

Um sonho distante, mas não custa imaginar. Quando tudo está perdido, Avi Arad e Sam Raimi poderiam resolver suas diferenças e retomar a trilogia original de Tobey Maguire, entregando o Homem-Aranha 4 que nunca aconteceu.

Aranhaverso live-action

A animação Homem-Aranha no Aranhaverso foi um dos filmes mais elogiados do ano passado, e provou um ponto importante: é possível ter múltiplas versões do mesmo personagem. Mantenha Tom Holland e chame de volta Tobey Maguire e Andrew Garfield para uma trama metalinguística e que assuma a existência de multiversos!