Na semana passada, RoboCop Returns perdeu seu diretor. Neill Blomkamp (Distrito 9), deixou o projeto por conflitos de agenda, e a vaga continua em aberto.

A MGM tem um grande desafio pela frente: encontrar um novo cineasta à altura da história do icônico policial robótico. O novo RoboCop está sendo produzido como uma sequência do filme de 1987, e deve ignorar o reboot criado por José Padilha.

Confira abaixo 9 diretores que fariam um ótimo trabalho a bordo do novo RoboCop!


Wachowskis

As irmãs Wachowskis são conhecidas principalmente pela produção da trilogia de Matrix, filme que revolucionou a ficção científica e fez bastante sucesso nos anos 90 e 2000. Lily e Lana entendem do mundo de RoboCop, e podem apresentar uma perspectiva diferente para o anti-herói. Os últimos filmes produzidos pelas irmãs Wachowskis não agradaram público e crítica. O trabalho mais recente da dupla foi a série Sense8, da Netflix.

Boots Riley

Boots Riley já provou entender de sátiras com visuais insanos com a produção do filme Sorry To Bother You, lançado em 2018. Além disso, como o novo RoboCop ainda não tem data de estreia, existe tempo de sobra para mudanças no roteiro e modificações na trama, que devem ser feitas para adequar a visão única de Riley.

Mike Judge

Mike Judge pode ser utilizado como diretor do novo RoboCop caso o filme escolha uma veia mais cômica e satírica do que propriamente ação e ficção científica. Conhecido por seu humor ácido, Mike Judge é o diretor do subestimado Idiocracia e produziu as séries Silicon Valley e Beavis and Butt-Head.

Lexi Alexander

Lexi Alexander conquistou Hollywood com o divertido e sangrento O Justiceiro: Em Zona de Guerra. O diretor não teve medo de unir cenas de extrema violência e humor, e o trabalho dele parece um descendente direto da loucura do RoboCop de 1987.

Edgar Wright

Edgar Wright é um mestre do gênero que une sátira, humor, ação ou terror. O britânico é conhecido por comandar filmes como Todo Mundo Quase Morto, Chumbo Grosso e Baby Driver. O diretor tem uma visão única e que sempre consegue conquistar público e critica. Wright também escreveu o roteiro de atuou como produtor-executivo em Homem-Formiga.

Rachel Talalay

Rachel Talalay é mais conhecida por seu trabalho em séries de TV como Supergirl, Riverdale e The Flash. Porém, é uma produção britânica que explica a razão da escolha da cineasta nesta lista. Talalay dirigiu o episódio final da temporada mais recente de Doctor Who, que envolveu os Cybermen. A diretora trabalhou super bem com personagens robóticos.

Dan Trachtenberg

Dan Trachtenberg causou impacto com seu primeiro filme. Rua Cloverfield, 10, mostrou o estilo diferenciado e inteligente do diretor. Recentemente, o cineasta também dirigiu o primeiro episódio de The Boys, uma das séries mais aclamadas da Amazon.

Kathryn Bigelow

Mais conhecida pelo vencedor do Oscar de Melhor Filme Guerra ao Terror, Kathryn Bigelow começou sua carreira com filmes de estilos como terror e ficção científica. Em sua carreira, a cineasta apresentou vários personagens que conseguiam se identificar com o público mesmo praticando atividades terríveis.

Paul Verhoeven

Certas vezes, é melhor retornar ao início para conseguir um final. Paul Verhoeven dirigiu o primeiro RoboCop, em 1987, e definiu como o personagem ficou conhecido no cinema. Como Verhoeven ainda é um diretor prolífico, nada impede que o veterano assuma mais uma vez as rédeas da franquia.