Top Gun: Maverick vai emocionar fãs de filmes de ação ao continuar uma história iniciada há mais de trinta anos.

O filme tem a difícil missão de trazer a trama de Top Gun para o século XXI, e para isso diversos aspectos da história terão que ser mudados para agradar um público mais modernos.

O site Screen Rant listou os 10 aspectos de Top Gun que não envelheceram bem e devem ser mudados no novo filme.


Recrutamento

Na época do lançamento de Top Gun, alguns críticos detonaram o filme por ser basicamente uma propaganda da marinha americana. O filme apresenta um tom super nacionalista, e esse aspecto deve vir com mais sutileza na sequência.

O Inimigo

Mesmo filmado na época da Guerra Fria, Top Gun nunca diz o nome de seus vilões. É claro que os caças antagonistas eram da União Soviética, porém o filme descreve os aviões apenas como “O Inimigo”.

Equipamento

Top Gun foi protagonizado por Tom Cruise e Val Kilmer, mas as verdadeiras estrelas do filme são os jatos F-14. Décadas depois, já existem vários equipamentos mais modernos, e alguns deles nem precisam de pilotos. Essa embate entre as duas eras será um dos principais temas do longa.

Clichê

Top Gun ajudou a popularizar um dos maiores clichês dos filmes de ação e de guerra. O pai do protagonista morreu em combate, e o filho tem que fazer de tudo para fazer valer o legado de sua família.

Musical

Em um momento divertido, Maverick e Goose organizam uma coreografia para que o protagonista conseguisse o amor de Charlie. O momento até conquistou a personagem, mas é visto como cafona por olhos atuais.

Trilha sonora

Grande parte das cenas de Top Gun eram acompanhadas da música Danger Zone, de Kenny Loggins. A música foi tão saturada que se tornou uma espécie de piada em outros produtos da cultura pop.

Vôlei

Sem querer, a cena do vôlei de praia em Top Gun se tornou um dos momentos mais homoeróticos da história do cinema. Segundo o trailer de Maverick, o novo filme também deve contar com uma cena semelhante.

Maverick e Charlie

O romance entre Maverick e Charlie era um tanto quanto juvenil, e não tem lugar numa versão mais moderna e mais madura do filme. Afinal de contas, Tom Cruise já não tem mais idade para essas coisas.

Rivalidade

No filme original, a rivalidade entre Maverick e Iceman era um dos principais temas. Como o novo filme trará os personagens de Val Kilmer e Tom Cruise com uma roupagem mais moderna e madura, tudo indica que os dois estarão em melhores termos.

Masculinidade

Top Gun foi produzido em uma época em que os homens não eram incentivados a demonstrarem seus sentimentos. O novo filme pode fugir dos clichês da masculinidade tradicional e trazer um olhar mais sensível sobre a vida dos militares.

Top Gun: Maverick estreia em 26 de junho de 2020.