Existem centenas de super-heróis e vilões em histórias em quadrinhos, cinema e TV. Passado algum tempo, os bons super-poderes se tornam repetitivos, então os roteiristas precisam pensar em outras coisas.

Muitas vezes, isto levou à criação de super-poderes muito estranhos e aparentemente ridículos, mas que tinham alguma utilidade.

Aqui estão dez vezes em que super-poderes bizarros salvaram o dia para personagens de DC e Marvel.


As molas eletrônicas do Homem-Sapo

Não, o Homem-Sapo, da Marvel, não é um ser-humano que passou por experimentos e virou um sapo gigante.

Ele só usa uma roupa de sapo. Para pular como um desses animais, ele usa molas eletrônicas nos pés, que o ajudam a ser mais habilidoso em combate e pular de prédios.

O super-ventriloquismo do Superman

O Superman teve muitos poderes estranhos na Era de Prata da DC. Um deles era o super-ventriloquismo, que o ajudava a manter sua identidade secreta de pessoas próximas como Lois Lane, Jimmy Olsen e outros.

A dança no ar de Spieler

Spieler é uma personagem dos Fugitivos, grupo de jovens super-heróis da Marvel. Ela é carismática, e seu poder consiste em somente poder voar quando há uma música no ar – ela também gosta de dançar. Numa briga entre grevistas e cantores, seu poder foi essencial.

O gosto por quebra-cabeças de Charada

OK, isto não é um super-poder. Mas o Charada, vilão da DC, sempre gostou muito de quebra-cabeças e enigmas.

Não é uma característica atraente por si só, mas ele usou para descobrir a identidade secreta do Batman em Batman: Silêncio.

A comunicação de Cifra

Doug Ramsey, o Cifra, é membro dos Novos Mutantes e seu poder é bem legal, mas não muito útil em brigas com vilões.

Ele pode se comunicar com qualquer coisa, incluindo máquinas. Através disso, ele pôde se entender com o vilão robótico Warlock, que até acabou virando um cara bacana depois disso.

A comilância de Matter-Eater Lad

Matter-Eater Lad (escolhemos nem traduzir seu nome) é um personagem da DC com a habilidade de comer matéria em todas as formas.

Ele simplesmente pode comer tudo. Em um momento muito bizarro dos quadrinhos, ele comeu rochas e terra para poder fugir da prisão. Pelo menos conseguiu!

Os poderes de peixe do Aquaman

Aquaman pode se comunicar com peixes. OK, nós entendemos. Ele já foi ridicularizado por causa disso, mas usou esse super-poder para entrar na mente de Zum, um vilão velocista e marciano, e lhe causar uma convulsão cerebral.

A capacidade de devorar pessoas do Canibal do Crime

O Canibal do Crime foi parte da série de quadrinhos de The Tick no início dos anos 90. Apesar do nome, ele não era um cara mau.

Só podia devorar pessoas. Ele usou essa habilidade para amedrontar criminosos e até se infiltrar em gangues.

A dependência de cenouras do Capitão Cenoura

Este não é um super-poder. Na verdade, é uma fraqueza. Mas foi muito útil. Acontece que o Capitão Cenoura, de uma Terra alternativa da DC, é dependente de cenouras cósmicas para ser um super-herói.

Ciente disso, ele intencionalmente não comeu uma de suas cenouras quando foi capturado por um vilão, voltando ao seu estado normal para escapar de suas garras.

O poder de virar sorvete de Eye-Scream

Eye-Scream, da Marvel, é dono de um dos poderes mais ridículos dos quadrinhos. Ele pode virar sorvete.

Ele já usou essa habilidade para entrar na Sala de Perigo e atacar os X-Men de surpresa, mas foi pego e transformado em um sundae pelo Professor Xavier.