Protagonistas cometem erros e Harry Potter não foge dessa regra. Apesar de ter derrotado Voldemort e restaurado a paz no mundo bruxo, Harry cometeu diversos erros ao longo de sua jornada – alguns leves e outros graves – e nós vamos falar sobre os principais deles.

O ScreenRant listou as decisões mais terríveis que Harry Potter tomou.

Ajudar Hagrid com Norberta

Em seu primeiro ano em Hogwarts, Harry Potter já causa diversos problemas. Além de se colocar em perigo o tempo todo, o jovem rapaz ajuda seu amigo Hagrid a cuidar de Norberta, um dragão ilegal. O ato faz com que Harry, Rony, Hermione e Draco fiquem em detenção, e quase custa o troféu da Copa das Casas para a Grifinória.


Voar para Hogwarts

Logo no início de Harry Potter e a Câmara Secreta, Harry e Rony falham ao tentar embarcar no trem para Hogwarts – graças a intervenção de Dobby. De maneira irresponsável, a dupla pega o carro voador do pai de Rony, Arthur, e viaja para Hogwarts. Os dois conseguem chegar na escola, mas quase acabam expulsos, destroem a varinha de Rony e ainda danificam o Salgueiro Lutador.

Inflar a Tia Marge

A Tia Marge é uma pessoa horrível, e a ação de Harry Potter ao usar magia para “inflar” sua tia transformando-a em um balão é até justificável, mas ainda assim, foi uma atitude estúpida do jovem bruxo. Usar magia fora de Hogwarts é proíbido, e Harry só não foi expulso graças à sua amizade com o Ministro da Magia.

Conversar com Rita Skeeter

Mesmo sabendo da reputação de Rita Skeeter como uma jornalista sensacionalista, Harry acaba dando entrevista à ela em Harry Potter e o Cálice de Fogo. O resultado? A jornalista inventa diversas mentiras sobre Harry, que prejudicam sua imagem dentro e fora da escola.

Dividir a glória do Torneio Tribruxo com Cedrico

Pobre Harry. Em Harry Potter e o Cálice de Fogo, ao participar do Torneio Tribruxo, Harry tenta ser nobre e divide o “prêmio” com Cedrico Diggory, seu amigo de Hogwarts. Infelizmente, o troféu acaba se revelando como uma Chave de Portal, que leva os dois jovens para uma armadilha criada por Voldemort e Rabicho.

De maneira brutal, Rabicho executa Cedrico na frente de Harry Potter – já que ele não deveria estar ali. No fim, se Harry tivesse pego o troféu sozinho, Cedrico não teria morrido.

Discutir com Dolores Umbridge

Sim, Umbridge é uma pessoa terrível e Harry Potter estava certo em combatê-la, mas sua impulsividade fez com que ele discutisse com ela em público – e ele se tornou um alvo. No fim, ele acabou sendo torturado pela professora durante um ano, quando poderia muito bem ter atuado contra ela – como fez – de maneira sorrateira e silenciosa.

Ida ao Ministério da Magia

Sirius Black, padrinho de Harry Potter, é mais um que morre pelas ações impulsivas do garoto. Ao ter uma visão de seu padrinho sendo torturado, Harry decide – imprudentemente – viajar ao Ministério da Magia apenas para descobrir que tudo não passou de uma mentira armada por Voldemort.

Para tentar salvar seu afilhado, Sirius Black também vai ao Ministério para enfrentar Voldemort e seus aliados, mas acaba morrendo pelas mãos de sua prima Bellatrix. Se Harry Potter tivesse aprendido suas lições de Oclumência direito, ele teria conseguido proteger sua mente das ilusões de Voldemort, evitando toda a tragédia.

Quase matar Draco

Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, o jovem protagonista comete um dos maiores erros de sua vida. Ao encontrar o livro secreto de Snape, Harry fica arrogante e descuidado com suas atitudes ao se tornar um “gênio de poções” do dia pra noite.

Em um confronto com Draco Malfoy no banheiro, Harry Potter acaba usando o feitiço ‘Sectumsempra’, escrito no livro de poções de Snape, sem ao menos saber o que a magia fazia. No fim, o feitiço quase mata Draco e Harry tem que carregar essa culpa para sempre.

Desarmar Stun Shunpike

No livro de Harry Potter e as Relíquias da Morte, Harry comete um dos maiores erros de sua vida logo no início. Fugindo dos Comensáis da Morte, Harry reconhece Stun Shunpike, do Noitibus Andante, que ataca Harry – ele estava enfeitiçado por Voldemort.

O ato de reconhecer Stun e desarmá-lo mostrou aos Comensáis que aquele era o verdadeiro Harry Potter, o que consequentemente faz com que Voldemort o ataque, e provoque a morte de Alastor Moody.

Ir para Godric’s Hollow

O ato de visitar Godric’s Hollow – lugar onde Harry Potter nasceu – foi uma das piores decisões tomadas por Harry e Hermione. Lá, os dois caem em uma armadilha de Voldemort, que mata a senhora Bathilda Bagshot, coloca sua cobra Nagini em seu lugar e quase mata os dois jovens bruxos, que escapam por pouco.