Durante as 14 temporadas de Supernatural, Sam e Dean salvaram o mundo diversas vezes, evitaram eventos de grande destruição e ajudaram inúmeras pessoas.

Mesmo assim, certas atitudes dos principais personagens da série podem ser vistas como terríveis, dependendo da perspectiva.

O site Screen Rant listou as piores coisas que cada personagem principal de Supernatural fez durante as 14 temporadas da série.


Confira abaixo!

Lucifer

Como um dos principais vilões de Supernatural, era esperado de Lucifer as piores coisas possíveis. Além de torturar Sam, matar Castiel e Rowena, eviscerar anjos e tratar Crowley (literalmente) como um cachorro, talvez o pior ato de Lucifer foi roubar a Graça de seu filho Adam.

John Winchester

A maiorias das atitudes controversas de John Winchester podem ser explicadas por suas motivações. Uma delas, no entanto, é mais difícil de entender. De acordo com Ellen, John foi caçar com seu marido, o utilizou como isca e o deixou para trás.

Rowena

Após ser rejeitada pelo Grande Coven, Rowena resolve criar seu próprio grupo de bruxas. Ela recruta duas prostitutas, e usa uma delas apenas como um acessório para sua fuga. Com um feitiço, ela transforma a jovem em uma verdadeira cadela raivosa.

Crowley

Crowley rapidamente evoluiu de vilão para anti-herói em Supernatural. Mesmo assim, o personagem foi o responsável por alguns dos momentos mais chocantes da série. Um deles foi a morte de Sarah Blake, uma personagem carismática apresentada na primeira temporada.

Deus

Irritado com os Winchester, Deus decide trazer de volta todos os espíritos obscuros derrotados pelos irmãos durante as 14 temporadas da série. Ele está pronto para acabar com o mundo da maneira mais dolorosa possível.

Ruby

Ruby parecia se importar genuinamente com Sam, porém tudo não passava de fingimento. A demônio apenas manipulou o jovem Sam para conseguir quebrar os selos do Apocalipse e trazer Lucifer à Terra.

Jack

Jack toma uma das atitudes mais chocantes e violentas de Supernatural após perder sua alma. Como ele não entende mais o conceito de moral, o personagem acaba matando Mary Winchester apenas para a mãe de Sam e Dan calar a boca. Ele não tinha intenção, e até tenta trazer a personagem de volta depois.

Castiel

Durante a 7ª temporada de Supernatural, o poder de Castiel literalmente sobe à cabeça. O personagem absorve uma quantidade enorme de almas e passa a acreditar que é Deus, matando anjos e pessoas que não tem fé nele durante o processo.

Dean

Durante grande parte da trama de Supernatural, Dean é extremamente maniqueísta e vê tudo em extremos. Ao encontrar Amy, uma kitsune, ele não hesita e mata a personagem na frente de seu filho pequeno sem hesitar.

Sam

Em um dos episódios mais bizarros de Supernatural, Dean tem um affair rápido com uma Amazona e se torna pai. A garota chega à idade de 16 anos em poucos dias, e como ritual de passagem é obrigada a matar o pai. Sam impede o assassinato de Dean matando a garota, e parece não sentir nenhum remorso depois.