Está dada a largada para a temporada de premiações! Neste domingo (22), teremos a cerimônia do Emmy 2019, que celebrará os melhores trabalhos na televisão e streaming do último ano. E a disputa promete.

Com grandes nomes no jogo, tentaremos prever os vencedores das principais categorias do “Oscar da televisão”.

Confira abaixo.


Melhor série de Drama – Game of Thrones

Não importa se os fãs detestaram a temporada final de Game of Thrones, que realmente dividiu muitas opiniões, o Emmy amou. A série da HBO foi recordista de indicações nesta edição, e as últimas duas temporadas (que não foram exatamente as mais elogiadas) também saíram vitoriosas. É o último ano da série mais cinematográfica da TV recente, e podem apostar que ela sairá vitoriosa.

Melhor Série de Comédia – Fleabag 

Quem acompanha séries nos EUA está percebendo que o gênero da comédia está mais disputada do que drama. Neste ano, a disputa fica entre os segundos anos de Fleabag e The Marvelous Maisel, além da despedida da comédia política Veep, com Julia Louis-Dreyfus. Enquanto a veterana atriz deve se garantir na categoria de atuação, aposto no humor irreverente e ácido de Fleabag para levar o prêmio principal.

Melhor Ator em Série de Drama – Billy Porter

Surpreendentemente, o elogiado Richard Madden foi esnobado por sua performance em Segurança em Jogo, que concorre na categoria de Série de Drama. Com isso, as fichas vão para Billy Porter, que impressionou em sua performance na ascendente Pose. Porém, nunca esqueçam de Sterling K. Brown, um favorito dessa categoria. Mas meu medo é que, pela paixão do Emmy por Game of Thrones, o fraquíssimo Kit Harington (que nem deveria estar indicado) ganhe de surpresa.

Melhor Atriz em Série de Drama – Sandra Oh

A categoria de drama está menos competitiva do que a de comédia, mas as possibilidades ainda podem ser variadas. Diria que é uma disputa entre Sandra Oh e Jodie Comer, ambas da ótima Killing Eve, e considerando que Oh não ganhou no ano passado, ela pode levar este ano e fazer História como a primeira asiática a ser premiada na categoria. Mas se os votos se dividirem entre Oh e Comer, fiquem de olho para uma chegada surpresa de Emilia Clarke.

Melhor Ator em Série de Comédia – Bill Hader

A edição de 2019 traz uma série de bons nomes na comédia, mas o que Bill Hader faz em Barry é coisa de outro nível. O astro já garantiu uma estatueta pela primeira temporada da série coordenada por ele mesmo, e aposto que ele sairá premiado mais uma vez, já que os novos episódios da comédia da HBO ofereceram ainda mais possibilidades de atuação para Hader. Mas eu ficaria de olho em uma possível surpresa para Michael Douglas.

Melhor Atriz em Série de Comédia – Julia Louis-Dreyfus

A rainha das comédias americanas tem uma última joia para acrescentar à sua coroa. Com a temporada final de Veep, Julia Louis-Dreyfus deve manter sua marca imaculada de vitórias pela série. Ela venceu por todas as temporadas! Será muito difícil que qualquer outra atriz vença aqui, afinal é a despedida de Selina da TV.

Tyrion de Game of Thrones

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama – Peter Dinklage

É justo afirmar que Game of Thrones teve diversas indicações desnecessárias nesta edição do Emmy. A de Peter Dinklage certamente não foi uma delas, e o intéprete de Tyrion Lannister deve sair premiado pela quarta vez. E será merecido, já que o ator, só por seu desempenho, garantiu algumas das melhores cenas de toda a temporada. 

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama – Maisie Williams

Nada menos do que QUATRO atrizes de Game of Thrones estão na categoria, no que certamente foi um exagero por parte do Emmy (Lena Headey fez alguma coisa além de encarar janelas nessa temporada?), então acredito que a série da HBO sairá vitoriosa aqui. Levando em conta todo o hype e a paixão dos fãs pela personagem, minha aposta fica para a Arya de Maisie Williams. Mas minha escolha definitivamente seria Gwendoline Christie.

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia – Henry Winkler

Poucas vezes vi uma categoria de atuação tão recheada de performances impecáveis. Daria para atirar uma flecha no escuro entre os indicados, e seja lá qual fosse o alvo, acabaria sendo de uma excelente escolha. A disputa fica entre Tony Shahoub e Henry Winkler, mas considerando o belo arco que seu personagem teve na segunda temporada de Barry, escolho Winkler.

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia –  Olivia Colman

Assim como na categoria masculina, Atriz Coadjuvante em Série de Comédia está completamente competitiva. Estava inclinado a votar em uma das atrizes de The Marvelous Mrs. Maisel, mas levando em conta o sucesso de Fleabag e o belo momento que Olivia Colman está vivendo após sua vitória no Oscar, esse é meu voto.

Melhor Minissérie – Chernobyl

Chernobyl foi um fenômeno impressionante na HBO, tornando-se uma das séries mais bem avaliadas de todos os tempos. Seu apuro quase documental e que a aproxima de um filme de terror foram fatores fortes, e que sem dúvida garantirão sua vitória aqui – assim como em outras categorias técnicas. Se alguém pode surpreender, é Olhos que Condenam.

Melhor Telefilme – Deadwood

Uma categoria onde Black Mirror costuma se dar bem, mas muitos não classificariam o controverso Bandersnatch como um… filme. Nesse caso, o favoritismo fica com o filme de Deadwood, aclamada série faroeste da HBO que garantiu uma elogiada versão em longa-metragem.