Apostando em seu estilo de lançamento de uma temporada inteira por vez, a Netflix fez com que suas séries se tornassem sinônimos de “maratona”. Com episódios repletos de reviravoltas e ganchos, as vezes é difícil resistir à tentação do “só mais um”.

A ideias da Netflix acabaram por influenciar e modificar completamente a forma como consumimos conteúdo, e permitiu que o público escolhesse ver um episódio por vez ou passar um dia inteiro assistindo uma série.

Certas séries, por seu enredo e estrutura, são excelentes para maratonas. Confira abaixo 10 delas!


Santa Clarita Diet

Santa Clarita Diet conta a história de uma corretora de imóveis da Califórnia que é infectada por um vírus ancestral e se torna uma zumbi canibal, sem perder o bom humor e a irreverência. Com performances excelentes de Drew Barrymore e Tymothy Olyphant, a série também conta um humor negro e bizarro que pode desagradar quem tem o estômago mais fraco. Mesmo assim, por seu enredo dinâmico e episódios curtos, a série é perfeita para uma maratona. Infelizmente, Santa Clarita Diet foi cancelada após sua terceira temporada.

Mandou Bem!

Mandou Bem! é daquelas séries que você pode assistir inúmeros episódios sem se cansar. O reality show e competição culinária traz amadores tentando reproduzir grandes obras de confeitaria. Os resultados são hilários, e a apresentadora Nicole Byer traz ainda mais bom humor para a produção. Os episódios são pequenos, em média 20 minutos, e podem ser vistos em qualquer ordem.

Love, Death + Robots

Produzida por David Fincher, Love, Death + Robots é uma antologia de animações que tratam das temáticas mais diversas, sempre apresentando um tom futurista e de ficção científica. Cada episódio é uma animação separada, com início meio e fim. As tramas são curtas e nenhuma dura mais que 20 minutos. Com vários temas, a série tem o potencial para agradar qualquer um que esteja procurando animações inteligentes e adultas. Entre os melhores episódios de Love, Death + Robots se destacam Beyond the Aquilla Rift, Zima Blue, Three Robots e Good Hunting.

Dark

Dark é ótima para maratonas pelas reviravoltas de seus episódios. Cada capítulo da série alemã termina com um choque ou revelação diferente, por isso é difícil parar após ver o primeiro episódio. Em uma trama de paradoxos e viagens no tempo, Dark é ambientada em 3 períodos diferentes da história de uma cidade alemã. Dark apresenta um enredo extremamente inteligente que exige do espectador grande atenção para as referências, pistas e easter eggs escondidos nos episódios.

Castlevania

Para quem gosta de animes, Castlevania é uma ótima opção. Embora a produção não seja japonesa, ela carrega os traços e estilo de animes consagrados. Produzida por Adi Shankar, Castlevania adapta a história do jogo homônimo, e foge dos clichês e saídas fáceis das adaptações de video-games. A série tem uma premissa simples: a esposa do Conde Drácula é acusada de bruxaria pela Igreja e queimada na fogueira, o que faz o vampiro quebrar uma longa trégua e jurar vingança contra todos os habitantes da Valáquia. Contrapondo o vilão estão o caçador de vampiros excomungado Trevor Belmont, a feiticeira Sypha Belnades e o meio-vampiro Alucard, filho de Drácula.

GLOW

Com 3 temporadas já lançadas, GLOW é uma das produções mais interessantes da Netflix. A dramédia conta a história das “Belas Mulheres da Luta-Livre”, um grupo de desajustadas que encontra em um programa de luta-livre uma chance de recomeçar e produzir algo divertido e importante. Com algumas das personagens mais cativantes da Netflix, GLOW é uma história humana, sensível e hilária, que traz discussões sobre problemas dos anos 80 que continuam relevantes até hoje. Os episódios de GLOW raramente ultrapassam meia-hora, o que torna a série perfeita para maratonas.

Boneca Russa

Protagonizada por Natasha Lyonne (Orange is the New Black), Boneca Russa é mais uma excelente série cômica com episódios curtos e premissa simples. A trama acompanha as desventuras de Nadia Vulvokov em uma história à lá “Dia da Marmota”. Na série, a personagem morre em seu aniversário e é obrigada a reviver o mesmo dia tentando romper o ciclo e escapar desse ciclo eterno. Boneca Russa conta com produção executiva de Amy Poehler, e já está renovada para a 2ª temporada.

O Mundo Sombrio de Sabrina

Com enredo dinâmico e tramas cativantes, O Mundo Sombrio de Sabrina é deliciosamente demoníaca. A série é um reboot sinistro e mais adulto da famosa personagem dos anos 90, e une puro terror com comédia e o estilo conhecido de séries teens. Não deixe os rótulos te enganarem: O Mundo Sombrio de Sabrina é uma série impressionantemente boa. Os enredos contam com uma boa dose de criatividade, e a introdução de elementos satânicos da história deixa tudo mais interessante.

She-Ra e as Princesas do Poder

She-Ra, a irmã gêmea de He-Man, era parte essencial dos desenhos dos Mestres do Universo nos anos 80. Nessa nova encarnação, She-Ra ganha sua trama própria, que é surpreendentemente criativa e cativante. Na série, a jovem Adora é uma agente da Horda, um exército conquistador que pretende dominar Ethernia. Após encontrar uma espada mágica, ela descobre que é a reencarnação da guerreira She-Ra, destinada a unir as Princesas e libertar o mundo da tirania de Hordak. A série animada conta com personagens bem desenvolvidas, representatividade e reviravoltas impressionantes na terceira temporada.

O Cristal Encantado: A Era da Resistência

Criada como um prelúdio ao filme O Cristal Encantado, de 1982, A Era da Resistência traz às telas da Netflix a magia e talento da companhia de Jim Henson. Produzida inteiramente com fantoches e um toque de computação gráfica, a série apresenta um enredo interessante, personagens adoráveis e uma verdadeira expansão à mitologia do mundo de Thra. O Cristal Encantado é ambientado em um mundo onde três Gelflings (criaturinhas humanóides com orelhas pontudas, semelhantes a elfos) inspiram os fogos da revolução contra a tirania dos Skeksis, seres desprezíveis que corromperam o Cristal Encantado titular. A primeira temporada da série foi lançada recentemente, e conta com um impressionante elenco de vozes que inclui Taron Egerton, Nathalie Emmanuel, Anya Taylor-Joy, Mark Hammil, Helena Bonham Carter, Lena Headey, Natalie Dormer, Jason Isaacs, Awkwafina, Alicia Vikander, Andy Samberg e Sigourney Weaver.