Não há como negar: Thanos está em alta. Com uma ótima abordagem no MCU, somada à excelente atuação de Josh Brolin, o Titã Louco virou um dos vilões mais marcantes da história recente do cinema de grande escala.

Nas histórias em quadrinhos da Marvel, Thanos também é relevante, mas não se engane: o maior vilão dos gibis da editora é outro.

Aqui estão dez motivos pelos quais o Doutor Destino é o maior vilão da história da Marvel – e não o Titã Louco.


Resultado de imagem para doctor doom spider-man

Versatilidade

Doutor Destino começou como vilão do Quarteto Fantástico, mas hoje em dia pode-se dizer que é um grande antagonista do Universo Marvel em geral.

Enquanto Thanos esteve mais concentrado nas histórias dos Vingadores, Victor von Doom teve problemas com Homem-Aranha, X-Men, Pantera Negra e os próprios Quarteto Fantástico e Vingadores. Como vilão versátil, ele realmente não escolhe seus inimigos.

Resultado de imagem para doctor doom

Aparência

Thanos pode ter uma aparência incrível atualmente, mas passou por diversas mudanças ao longo dos anos até chegar nesse estado. Originalmente, seu traje era muito mais colorido e, inclusive, já foi motivo de piada.

Desenhado por Jack Kirby, Doutor Destino impressiona desde os seus primeiros dias na Marvel. A armadura lhe traz uma postura de respeito, que inspirou a criação de Darth Vader, o grande vilão de Star Wars.

Resultado de imagem para doctor doom

Perícia em combate

Quando as pessoas pensam no Doutor Destino, geralmente não imaginam um homem com incríveis habilidades em luta. Mas a verdade é que ele é muito bom tanto em combate armado quanto desarmado.

Nu, Destino já derrotou um leão com suas próprias mãos, treinou com os maiores mestres em espada da Europa e até empunhou o escudo do Capitão América com a mesma eficiência que Steve Rogers.

Resultado de imagem para doctor doom laugh

Arrogância

Thanos é um guerreiro nobre, apesar de suas motivações sinistras. Insolência e arrogância, para o Titã Louco, são pontos fracos, e é justamente por causa disso que não se daria bem com o Doutor Destino.

Victor é, provavelmente, o ser mais arrogante do Universo Marvel. Como líder da Latvéria, Destino tem um assustador senso de superioridade e não sabe o que é dividir nada com ninguém. Qualidades de um vilão clássico.

Resultado de imagem para doctor doom books

Força de vontade

Thanos precisa da Manopla do Infinito para ser ultra-poderoso, mas por si só, como um alienígena roxo e grandalhão, ele já é bem poderoso. Ele nunca teve que se esforçar realmente, ao menos não tanto quanto Doutor Destino.

Para chegar ao status de maior vilão da Marvel, Destino aperfeiçoou seu cérebro, seu corpo e seus sentidos por anos. Ele não é um Titã, mas é um humano bem acima da média.

Resultado de imagem para doctor doom iron man

Conexões com os super-heróis

Apesar de ser um super-vilão, Doutor Destino é mais parecido com os super-heróis da Marvel do que se imagina. Ele é uma espécie de amálgama de todas as maiores mentes desse universo.

É como um Tony Stark mais inteligente, com a capacidade de liderança do Professor Xavier e a magia do Doutor Estranho. Também é bem semelhante com o Senhor Fantástico, o que torna sua dinâmica com Quarteto Fantástico bem interessante.

Resultado de imagem para doctor doom war

Mestre tático

Aqui está uma característica em Doutor Destino e Thanos são bem parecidos: ambos são ótimos em planejamento de batalha. São mestres com tática de guerra, em outras palavras.

Eles sabem onde, quando e como atacar. Thanos certamente é muito bom, mas apesar de terráqueo, Doutor Destino lidaria bem com uma ameaça como ele, com tanta tecnologia e aliados ao seu lado.

Resultado de imagem para doctor doom latveria

Imperador competente

Thanos é um bom líder, mas ele não administra seu próprio país. Doutor Destino é o imperador supremo da Latvéria, um país na Europa. Ele pode ser mau, mas eis um fato inesperado: ele na verdade é bom com seu povo.

É por causa disso que a maioria o adora em seu país. Em muitas histórias, as batalhas que Doutor Destino travou foram justamente pelo bem da Latvéria.

Resultado de imagem para victor von doom and reed richards

Ódio justificado

Filmes do Quarteto Fantástico mostraram, em duas ocasiões, a origem do Doutor Destino, ligada à equipe principal. Mas, além de terem sido sofríveis, os longas nunca esclareceram bem por que Destino odiava tanto Reed Richards e seu time. Ele só parecia um rico com birra.

Pois bem: nos quadrinhos, Victor já trabalhou com Ben Grimm, o Coisa, e Reed. Mas foi traído por ambos.

Ben sabotou a máquina que Destino havia construído para salvar sua mãe das profundezas do inferno (ela era uma bruxa), ocasionando a explosão que o deixou desfigurado. Já Reed já chegou a roubar o crédito por algumas das mais brilhantes invenções de Victor para ganhar elogios e riqueza. Como não odiar caras assim?

Coração humano

O ódio do Doutor Destino pelo Quarteto Fantástico é compreensível, mas nem todas as suas ações podem ser justificadas. Apesar disso, ele não é desumano: seu coração é, na verdade, bastante humano, o que não quer dizer o mesmo que bondoso.

Victor nunca invejou Reed por seu sucesso e seu intelecto. Por si só, ele já é bem-sucedido e inteligente. Mas enquanto o Senhor Fantástico cresceu e se estabeleceu rodeado por pessoas que o amavam, Doutor Destino nunca teve a mesma sorte.

Sua mãe morreu quando era muito jovem e as responsabilidades vieram cedo. O povo da Latvéria o adora, mas ninguém nunca realmente se importou com Destino, o ser humano. Ele basicamente cresceu sozinho nas terras geladas do seu país.

O vilão é tão carente que, quando teve a chance de reescrever a realidade, fez com que Sue Storm, a Mulher-Invisível, fosse sua esposa e Valeria e Franklin, filhos de Reed, fossem suas crianças.