Em maio de 2014, Malévola chegou aos cinemas subvertendo as tão conhecidas histórias de princesas da Disney já que, naquela ocasião, tivemos uma vilã protagonizando a trama.

O filme foi um grande sucesso, o que resultou não só no planejamento de uma sequência (que estreia em outubro), mas também de outros longas seguindo o mesmo estilo – como Cruela, que chega aos cinemas em 2021.

Se os dois novos projetos mantiverem o sucesso, obviamente a Disney desenvolverá mais filmes estrelando vilões e, pensando nisso, listamos hoje grandes antagonistas do estúdio que podem protagonizar suas próprias histórias.


Úrsula

Ariel ganhará em breve um filme live action, onde Úrsula atuará como a grande vilã da história – então por que também não termos um longa só para ela?

A bruxa do mar provavelmente será vivida em A Pequena Sereia por Melissa McCarthy, o que já nos deixa ainda mais animados para a ideia de um filme da antagonista sendo estrelado pela atriz.

Manipuladora e com um senso de humor sarcástico, Úrsula pode ter uma grande história de fundo por trás apenas dessa personalidade vilanesca.

Hades

Convenhamos, apesar de a animação de 1997 ser um clássico da Disney, as adaptações de Hércules para filmes live action (ambas em 2014) não foram tão boas assim.

Uma ótima maneira de o estúdio trazer à vida sua visão dos deuses gregos de volta às telonas, e evitar comparações com os longas anteriores, seria mudar a perspectiva da história, colocando Hades como protagonista.

Além de hilário, o deus do submundo é deliciosamente mau, e dada vastidão de conteúdos sobre a antiga Grécia, existem inúmeras oportunidades de histórias que podem se concentrar no antagonista.

Yzma

Apesar de o início dos anos 2000 não ter sido grandioso para as animações da Disney, A Nova Onda do Imperador se destacou e tornou-se um clássico.

Grande parte do sucesso dessa obra se deve a Yzma. Maléfica e excêntrica, a vilã e seu capanga, Kronk, roubam a cena, e a divertida relação entre ambos poderia resultar em uma ótima comédia.

Além disso, por ter uma aparência mais velha, Yzma poderia ser vivida por uma atriz experiente, o que agregaria ainda mais na qualidade do filme.

O Homem da Sombra

Antagonista de A Princesa e o Sapo, O Homem da Sombra tem uma atuação marcante na animação de 2009, e poderia facilmente estrelar seu próprio filme.

O bruxo vem de uma educação pobre que o levou a atacar a ganância das pessoas e querer governar Nova Orleans.

Imponente e complexo, ele rapidamente se tornou um personagem querido dos fãs, e seria interessante sabermos mais sobre sua origem.