Produzir uma sequência é, na maioria das vezes, uma aposta de risco. Enquanto continuações podem expandir e estabelecer melhor a mitologia de uma franquia, elas também conseguem arruinar grandes obras do cinema e TV.

Para comprovar esse fato, o site What Culture listou 10 sequências que estragaram uma franquia ou destruíram um ótimo desfecho, tanto por motivos narrativos quanto críticos e comerciais.

Confira abaixo!


Os Irmãos Cara-de-Pau 2000

Os Irmãos Cara-de-Pau 2000 é uma daquelas sequências que faz o público questionar o processo criativo por trás de qualquer filme hollywoodiano. O longa original foi produzido em 1980, se tornou um clássico cult e inspirou uma geração de cineastas. A última coisa que a obra precisava era de uma sequência lançada quase duas décadas depois.

Homens de Preto 2

A franquia Homens de Preto é um bom exemplo do estilo dos blockbusters que Hollywood já não produz mais. O primeiro filme da franquia terminou com um final emocionante, criativo e que ganhou rapidamente o coração dos fãs. Já o segundo filme foi bastante criticado por basicamente repetir inúmeros elementos do primeiro, tanto na condução geral da trama quanto no final.

Kick-Ass 2

Kick-Ass 2 nunca deveria ter sido feito. O primeiro filme é uma ótima história separada, com início, meio e fim. Não existia nenhuma necessidade da tentativa de construção de uma franquia, já que o longa funcionava extremamente bem como produto isolado. A história de Kick-Ass continua nas HQs, mas como o primeiro filme mudou diversos aspectos importantes da trama, uma sequência não era necessária. Pior ainda, Kick-Ass 2 conseguiu estragar alguns dos personagens mais interessantes com desenvolvimentos psicológicos bizarros.

Rambo: Até o Fim

Rambo: Até o Fim conseguiu ser detonado em unanimidade por críticos, e agradou apenas uma parcela mais simplória dos fãs de filmes de ação. O novo longa, segundo o What Culture, não traz nada de novo à franquia, e traz uma trama pior do que muitos filmes genéricos de ação. Para o retorno de Stallone após mais de 10 anos, o filme deveria ter sido muito melhor.

A Bruxa de Blair II – O Livro das Sombras

A Bruxa de Blair foi um verdadeiro fenômeno cinematográfico e cultural, e mudou a cara do terror para sempre. O filme foi considerado extremamente inovador e criativo para a época, sendo considerado por muitos como o pioneiro no estilo “found-footage”. Por isso mesmo, não precisava de uma sequência. Hollywood parece não ter entendido o que fez o primeiro filme tão bom, e trocou o estilo característico por uma narrativa tradicional de um filme de terror genérico.

Freddy vs. Jason

Freddy vs. Jason não é um filme ruim. Para fãs de terror, comédia e filmes trash, o longa é uma ótima pedida, contando com alguns momentos hilários do vilão de A Hora do Pesadelo. No entanto, para que o longa fosse produzido, os eventos de O Novo Pesadelo – O Retorno de Freddy Krueger foram completamente ignorados, o que foi uma pena para fãs do trabalho de Wes Craven.

Abismo do Medo 2

Abismo do Medo traz um dos finais mais agoniantes da história do terror. No longa, Sarah consegue escapar da caverna, porém logo é revelado que ela não escapou de verdade, tudo era uma alucinação imaginada por ela antes de sua morte terrível nas mãos das criaturas. O final foi considerado muito pesado para audiências americanas, e por isso a cena foi cortada e o filme terminou com a vitória de Sarah. A produção de Abismo do Medo 2 ignora completamente o brilhante final original, já que Sarah retorna para mais uma aventura.

X-Men: Fênix Negra

Embora Logan não tenha sido uma sequência direta de X-Men: Apocalypse, o filme poderia muito bem ter encerrado a saga dos mutantes na Fox de maneira limpa e elegante. Aclamado por público e crítica, o filme apresentou um olhar diferente sobre a história de Wolverine e dos mutantes, e é considerado por muitos um dos melhores filmes da franquia, junto com X-Men 2. Não havia real necessidade para a produção de Fênix Negra. O filme, mesmo sendo maior fracasso comercial da franquia, não é de todo mal. No entanto, a qualidade do longa nem se compara com a de Logan.

A Marvel Studios está DESTRUINDO a Marvel Televison! E esses8 heróis da Marvel tem os mesmos poderes que heróis da DC! Saiba quais heróis da Marvel o Asa Noturna derrota ou não! O maior fracasso do MCU vai ganhar reboot e já temos detalhes! Foi confirmado que na Disney+ terão séries dos X-Men, do Homem-Aranha e do Quarteto Fantástico! Tudo isso você encontra no Observatório de Séries!

Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil é uma franquia conhecida por desrespeitar descaradamente sua própria continuidade. Eventos nos finais dos filmes, que deveria introduzir as tramas dos próximos capítulos, eram ignorados sem nenhuma razão. Um ótimo exemplo dessa tendência foi o final do penúltimo filme. O desfecho de Resident Evil 5: Retribuição trouxe um dos melhores momentos da franquia, quando diversos personagens icônicos do game, heróis e vilões se juntavam para combater a última horda de zumbis. Para frustração dos fãs, o Capítulo Final pulou completamente a batalha, e começou com todos os personagens mortos exceto a protagonista Alice.

Alien – A Ressurreição

Embora Alien 3 tenha sido criticado por diversos motivos pontuais, o filme traz um dos sacrifícios mais espetaculares da história do cinema com a morte de Ripley. Ressurreição destrói toda a importância do ato final da personagem trazendo Sigourney Weaver de volta para interpretar uma clone de Ripley modificada como DNA de um embrião do xenomorfo. A ideia foi terrível, e o filme é até hoje detonado por fãs da franquia.