Exibindo atualmente sua 15ª e última temporada, Supernatural conseguiu angariar uma base de fãs impressionante com integrantes do mundo todo.

No entanto, mesmo os fãs mais exaltados da série devem concordar que alguns erros de continuidade e furos de roteiro aconteceram nos 15 anos da série.

O site Screen Rant listou as coisas que não fazem sentido em Supernatural; confira abaixo!


As fraudes

Após 15 anos se passando por agentes do FBI, Sam e Dean com certeza já teriam sido presos pela agência real, ainda mais em um país com cada vez mais câmeras e celulares. Além disso, as fraudes nos cartões de créditos provavelmente também seriam flagradas.

As almas dos monstros

Supernatural mostrou que as almas dos monstros vão para o Purgatório após morrerem. No entanto, Dean mata algumas criaturas em sua estadia na dimensão sombria. O que acontece com as almas dos monstros mortas dentro do Purgatório? Elas vão para o Vazio ou desaparecem?

Cicatrizes

Na jornada de 15 anos, Sam e Dean Winchester já se envolverem em brigas feias e apanharam muito em certas ocasiões. A ausência de cicatrizes e lesões mais sérias nos irmãos até hoje estranha muitos fãs.

O conhecimento de Dean

Um furo no roteiro de Supernatural acontece na quarta e nona temporada. Na quarta temporada (Metamorphosis), Dean conhece o monstro Rugaru, sem nunca ter ouvido falar dele antes. No entanto, na nona temporada, o episódio “Bad Boys” traz um flashback que prova que Dean já conhecia esse tipo de criatura.

Os Cavaleiros

Após os anéis dos Cavaleiros do Apocalipse serem usados para a libertação de Lucifer na quinta temporada de Supernatural, os personagens desapareceram. Apenas Morte ganhou destaque, e a série nunca revelou o que aconteceu com os outros. Os personagens podem retornar na temporada final.

A temporada final de Supernatural está sendo exibida atualmente.