O Coringa existe há quase tanto tempo quanto o Batman. Trata-se do maior inimigo do super-herói da DC, e provavelmente o mais icônico de todas as histórias em quadrinhos também.

O Coringa já passou por muitas situações perigosas, algumas das quais nunca deveria ter vivido.

No entanto, no Universo DC, ele é aparentemente imortal: aqui estão dez vezes em que o Coringa sobreviveu ao impossível.


Foi atropelado por um caminhão

Em Detective Comics #834, Batman e Zatanna localizam o mágico conhecido como Ivar Loxias. O que eles descobrem mais tarde é que trata-se do Coringa, em um disfarce.

Ao longo da trama, o Coringa relembra quando conheceu Loxias. Nos anos anteriores àquele Natal, o Coringa foi atropelado por um caminhão após uma surra do Robin. Depois, caiu de uma ponte, mas aí foi salvo por outro caminhão. Que cara sortudo!

Caiu de outra ponte

Cair de pontes e sobreviver é uma especialidade do Coringa. Dessa vez aconteceu em uma história conhecida como Uma Estrela Dourada para o Coringa.

Aqui não havia outro caminhão para salvá-lo. Ele caiu diretamente na água de uma grande altura. Pela maneira como caiu, devia ter morrido na hora. Porém, parece que não é assim que funciona nos quadrinhos.

Recebeu tiros de um tanque

DC e Dark Horse Comics se uniram para fazer um crossover entre Coringa e Máscara. Na história, o Coringa se depara com a infame Máscara enquanto assalta um museu.

Enquanto o Coringa está causando estragos na cidade, o Comissário Gordon tenta parar o Palhaço do Crime. Quando eles tentam derrubá-lo, ele é baleado várias vezes – por um canhão! Mas mesmo assim ele sobrevive.

Se perdeu na água

Outro momento impossível ocorreu em Morte em Família, de 1988. Nesta história, Jason Todd é morto pelo Coringa.

No final da história, o Coringa deveria ter morrido quando o Superman não o encontrou na água depois que o helicóptero caiu do céu. Superman foi capaz de encontrar o Batman, mas não o Coringa. Após o acidente, ele é considerado morto, mas, conhecendo o Coringa, ele nunca pode morrer.

Sofreu um acidente em uma ambulância

Em Batman RIP, o Coringa está trancado no Asilo Arkham e é contatado por Le Bossu, um membro da Luva Negra, para ajudar a derrubar o Batman.

No final, o Coringa está fugindo de ambulância. Ele não consegue escapar, no entanto. Em vez disso, ele é atingido por Damian Wayne no Batmóvel. O Coringa é acertado com tanta força que é arremessado da ponte para a água abaixo, onde (novamente) deveria ter morrido.

Caiu de um trem

Em Batman: Louco Amor, o recente plano do Coringa de matar o Comissário Gordon é arruinado por causa de Batman. Ele fica muito irritado.

Em seu acesso de raiva, o Coringa acaba hospitalizando Arlequina. Batman e o Coringa finalmente se enfrentam mais uma vez. Eles acabam por lutar em cima de um trem em movimento, e o Coringa cai na chaminé de uma fábrica. Não tinha como ele sair dessa!

Foi esmagado

Batman: Death by Design foi lançado em 2012 pela DC. Gotham está em construção importante nesta história. Arquitetos famosos de todo o mundo estão trabalhando para tornar Gotham um lugar maior e mais forte, mas tragédias começam a acontecer.

Em uma destruição, o Coringa é literalmente esmagado sob um dos edifícios recém-construídos. Ele equipou o local com explosivos, mas eles dispararam de repente quando Batman dá um soco nele. Mesmo assim, saiu vivo.

Caiu no ácido

Apesar de ter sido a criação de seu personagem, o Coringa deveria ter morrido como o Capuz Vermelho, considerando que a última aparição dele foi a queda em um tanque de produtos químicos.

O Coringa sai do tanque como o palhaço desfigurado que os fãs de quadrinhos conhecem hoje, nas na verdade nunca teria sobrevivido na vida real.

Cortou seu rosto

Na trama de Batman: Morte da Família, o Coringa conhece o Criador de Bonecas no Asilo Arkham. Para simbolizar seu “renascimento”, o Coringa tem o rosto removido cirurgicamente pelo vilão.

O Coringa volta oficialmente um ano depois que seu rosto é removido, mas não há como o Coringa ter sobrevivido a esse procedimento. É uma surpresa que ele foi capaz de fazer o procedimento doloroso sem morrer de dor ou ter perda de sangue.

Teve seu pescoço quebrado

Batman: A Piada Mortal é provavelmente a mais popular “morte” do Coringa. Nesta trama, Batman matou o Coringa quebrando seu pescoço.

Batman finalmente estava no limite com o Coringa. O Coringa foi longe demais para Batman desta vez e ele finalmente matou o vilão. É claro que tudo acabou bem para o Coringa: a DC ignorou a intenção original de Alan Moore e tornou a história canônica.

Ou seja, para Moore, o Coringa morreu ali. Mas para a DC, ele só foi levado de volta para o Asilo Arkham para que outras histórias pudessem ser contadas.