Nem só dos dramas pessoais dos médicos vive Grey’s Anatomy! A série consegue equilibrar com competência as histórias dos protagonistas com interessantes casos médicos retratados por alguns dos pacientes mais memoráveis da TV.

No entanto, nem tudo são flores. Alguns pacientes de Grey’s Anatomy não agradaram os fãs, foram considerados insuportáveis por muitos espectadores ou protagonizaram tramas que não ganharam o apoio do público.

O site Screen Rant listou os piores pacientes de Grey’s Anatomy; confira abaixo!


Sonya Cowlman e Adam Morris

O casamento de Sonya e Adam era complicado, e o divórcio foi pior ainda. No entanto, isso não impediu que os dois ficassem presos em uma posição “comprometedora”. O casal teve que ira para o hospital para ser separado, e passou a vergonha de ser flagrado pela filha antes da ação dos médicos.

Lawrence Jennings

Lawrence Jennings fo introduzido na 3ª temporada de Grey’s Anatomy. Ele era um membro da Mesa Diretora, mas estreou na série como paciente. O caso do personagem foi bem brasileiro: após passar um tempo na Amazônia, ele ficou com o peixe candiru preso em sua uretra. Um verdadeiro pesadelo. Para piorar ainda mais a situação, Jennings traia a mulher com sua assistente, e tratavas as duas com grosseria e descaso.

Rebecca Pope/Ava

Em uma série que conseguiu fazer os fãs apoiarem uma relação entre médica e paciente (Izzie e Denny), a histórica de Alex e Ava foi bastante decepcionante. “Rebecca” foi introduzida na 3ª temporada de Grey’s Anatomy, como uma mulher desconhecida que foi parar no hospital após o acidente de trem. Alex cuidou dela por muito tempo, mas a química entre o “casal” era quase inexistente. As questões levantadas pela crise de identidade de Ava poderiam ter sido interessantes, mas a série preferiu focar mais no relacionamento da personagem com Alex.

Shane

Perte de um dos episódios mais memoráveis de Grey’s Anatomy, Shane é um desprezível neonazista que se recusa a ser tratado por Miranda, Cristina ou Richard. Com uma enorme tatuagem nazista em sua barriga, ele temia que Bailey não se esforçaria para mantê-lo vivo em cirurgia. É claro que ele estava errado, e Bailey consegue comandar o procedimento com talento e competência. George, o único cirurgião que Shane “aprovou”, levantou um ótimo ponto ao afirmar que o mundo seria um lugar melhor sem a presença do nazista.

Kalpana Vera

Desde sua primeira aparição, Kalpana Vera se estabeleceu como uma personagem extremamente irritante. Admitida no hospital com arritmia, Kalpana ganha rapidamente a desconfiança de Cristina Yang, que acredita que o distúrbio da personagem é psicológico. No início ninguém acreditou na médica, porém ela conseguiu comprovar que a paciente sofria de “Síndrome de Munchausen”, desordem na qual o indivíduo exagera ou inventa sintomas fantasiosos.

R. Hubble

R. Hubble é o protagonista de um dos episódios mais bizarros de Grey’s Anatomy. Em um episódio da 2ª temporada, Hubble é admitido no hospital com uma obstrução intestinal. Para a surpresa de todos, o problema aconteceu após o personagem engolir as cabeças de 10 bonecas Judy. A razão para isso nunca é explicada, mas fãs podem concluir que é extremamente estranha.

A 16ª temporada de Grey’s Anatomy está sendo exibida atualmente.