Em Vikings, ninguém pode negar que casais como Ragnar e Lagertha já ganharam o coração dos fãs. Porém, nem todo romance da série pode contar com a mesma popularidade.

Certos relacionamentos mostrados em Vikings não contaram com o apoio dos fãs, e outros chegaram a ser duramente criticados pelo público da série.

O site Screen Rant listou os piores relacionamento de Vikings; confira abaixo!


Athelstan e Judith

Um dos momentos mais bizarros de Vikings fez o “santo” Athelstan se esquecer de seu voto de castidade e se envolver em um relacionamento quente com Judith, a princesa casada com Aethelwolf e nora do Rei Ecbert. Embora Judith realmente amasse o monge (de sua maneira psicótica e exagerada), o romance terminou com a morte de Athelstan. O affair gerou uma criança: o (agora) Rei Alfred.

Bjorn e Þorunn

O relacionamento de Bjorn e Þorunn é no mínimo estranho. A personagem era uma ótima guerreira que se envolveu com o filho de Ragnar por um tempo considerável, chegando a dar à luz a uma filha do viking. Após cicatrizes de batalha e muita reflexão, Þorunn decide abandonar Bjorn e sair em busca de aventuras. Desde então, a personagem não foi mais citada na série e Bjorn teve romances bem mais interessantes.

Ubbe e Margrethe

Margrethe teve curtos relacionamentos com quase todos os filhos de Ragnar, mas é Ubbe quem acaba se casando com ela. Inicialmente também uma escrava, ela é libertada para desposar o filho de Ragnar. No final das contas, a personagem seria bem mais adequada para um relacionamento com Hvitserk, já que gostava bem mais do cunhado.

Ragnar e Yidu

Ragnar e Yidu foram protagonistas de uma das tramas mais bizarras da série. Introduzida na 4ª temporada de Vikings, Yidu era uma mulher chinesa foi trazida à Kattegat como escrava e subsequente comprada por Aslaug. A personagem desenvolveu um rápido “romance” com Ragnar, embora só tenha se interessado pelo viking para conseguir sua liberdade. É ela que dá ao protagonista uma droga que ajuda ele a controlar sua dor. Ragnar acaba viciado e mata Yidu quando ela se nega a fornecer mais da substância.

Ivar e Freydis

Muitos fãs de Vikings não deram nem uma chance para Freydis e detestaram a personagem desde sua primeira aparição. O relacionamento da bela donzela com Ivar foi extremamente tóxico, marcado por mentiras, traições e violência. Após perceber que o marido era realmente louco e disposto a tudo (até abandonar um bebê), Freydis muda de lado e acaba morrendo pouco depois.

Ragnar e Aslaug

O casamento de Ragnar e Aslaug é a raiz de inúmeros conflitos desnecessários entre personagens. Pior ainda, a série faz questão de mostrar que Ragnar não ama a Princesa da mesma forma que amava Lagertha. A personagem nunca foi muito bem recebida pelo público, e sua morte (pelas mãos de Lagertha) é considerada por muitos um dos melhores momentos da série.

A temporada final de Vikings estreia em 4 de dezembro.