Superman: O Retorno chegou em um mundo pós-Batman Begins, no qual Christopher Nolan havia conseguido obscurecer a história de origem dos super-heróis.

Nesse sentido, aquele Superman não apenas distintamente não era corajoso, mas também não era uma história de origem: deveria acontecer depois dos eventos de Superman 2, com Christopher Reeve.

Superman: O Retorno foi bem recebido pelos críticos, mas não conseguiu fazer sucesso o bastante com o público porque simplesmente não era uma história muito moderna, dando um fim abrupto aos planos da Warner Bros. para uma continuação e uma Liga da Justiça na época.


Mas nem por causa disso Superman: O Retorno é ruim como alguns dizem. Com Brandon Routh retornando ao papel nas séries da DC da CW, relembramos detalhes deste subestimado longa.

A reintrodução ideal ao Homem de Aço

O que poderia ser mais a cara do Homem de Aço do que sua reintrodução ao mundo em Superman: O Retorno?

Por alguma razão, a versão da NASA de Metrópolis acha uma boa ideia amarrar um ônibus espacial a um avião comercial. Quando Lex Luthor (vivido por um Kevin Spacey que ainda era respeitado) causa uma breve queda de energia, tudo dá errado. O avião é lançado em órbita pelo ônibus espacial com a repórter Lois Lane (Kate Bosworth) a bordo.

Superman é o único que pode salvar o dia. Com o tema musical icônico de John Williams em segundo plano, Superman se aproxima e, em uma sequência de ação lindamente gravada, consegue pousar o avião suavemente no meio de um estádio de beisebol lotado.

Existe algo mais americano do que o Superman salvando vidas e interrompendo um jogo para flertar com Lois Lane? Achamos que não.

Resultado de imagem para superman returns shot in eye

Superman leva um tiro no olho

Esta é outra cena memorável de Superman: O Retorno. Superman chega para proteger dois policiais de um louco com uma metralhadora e balas ricocheteiam no peito inofensivamente.

Percebendo que está sem munição, o bandido decide tirar uma arma e… atirar no Superman diretamente num de seus olhos, à queima-roupa. Como ele acha que vai funcionar?

A bala fica achatada contra o olho de Superman no que era, na época, uma cena tecnicamente muito impressionante.

Resultado de imagem para superman returns dog

Cachorrinho canibal

Um dos principais momentos de humor de Superman: O Retorno acontece logo no início, quando um dos cachorrinhos adotados por Kitty Kowalski (Parker Posey) parece ter comigo seu “irmãozinho”.

Na cena, Luthor, Kitty e os capangas entram na mansão da viúva para testar o cristal em um modelo de trem. Eles são recebidos por um spitz-alemão-anão sarnento cercado por tufos de pelos, salpicados de sangue e roendo o que parece ser o osso da perna de seu irmão.

Kitty fica, a princípio, perturbada com a pequena criatura, mas eventualmente a adota. Ela o carrega pelo resto do filme e fico implícito que Luthor come o cachorro depois que ele e Kitty ficam presos em uma ilha no final.

Resultado de imagem para superman returns blue eyes

As lentes azuis de Brandon Routh

Os perturbadores olhos azuis vívidos de Brandon Routh em Superman: O Retorno não são culpa dele – seus olhos são de um marrom muito escuro na vida real.

Routh recebeu lentes malucas por seu papel como Clark Kent/Superman, já que o personagem é famoso por seus olhos azuis e brilhantes.

Mas as lentes azuis meio que foram usadas para compensar a escuridão dos olhos de Routh, fazendo com que parecesse um pouco confuso.

Resultado de imagem para superman returns blue eyes

Superman cita uma fala icônica de seu pai

Um dos grandes momentos de Superman: O Retorno é quando o Homem de Aço cita uma frase de seu pai, Jor-El (Marlon Brando), lá atrás, no clássico de 1978.

“Você será diferente. Às vezes, você se sentirá excluído, mas nunca estará sozinho. Você tornará minha força sua. Você verá minha vida através de seus olhos como sua vida será vista através dos meus. O filho se torna pai e o pai se torna filho”, ele diz enquanto vê seu filho dormindo.

Mesmo depois de décadas, essa fala continua icônica e muito impactante.

Imagem relacionada

Outras referências aos clássicos de Christopher Reeve

Não apenas Marlon Brando é reintroduzido como o pai biológico do Superman, Jor-El, mas também temos citações e falas distintas suficientes para fazer qualquer fã do Superman sorrir.

Também foram revividas em Superman: O Retorno piadas sobre o mau hábito de fumar de Lois (“Sabe, você realmente não deveria fumar, Srta. Lane!”) e frases de efeito sobre viagens aéreas.

No início do filme, Kitty comenta que parecia que Lex Luthor já havia estado na Fortaleza da Solidão antes porque sabia o que estava fazendo. Luthor responde com um sorriso, já que realmente invadiu a Fortaleza em Superman 2.

De longe, a referência mais importante aos filmes anteriores do Superman é Jason, o filho asmático de Clark e Lois. Podemos presumir que Jason foi concebido durante os eventos de Superman 2, quando Lois se juntou ao Superman na Fortaleza da Solidão e passou a noite com ele.

Mais tarde, Superman deleta as memórias daquela noite (e sobre sua verdadeira identidade) da mente de Lois com um beijo, explicando por que Lois pode ter ficado tão confusa com os poderes sobrenaturais de seu filho e por que Superman passa tanto tempo acompanhando-a por toda a parte.

Resultado de imagem para superman returns james marsden

O azarado James Marsden

James Marsden foi rotulado por Hollywood como “personagem secundário e interesse amoroso”. Claro, seu Richard White (filho de Perry White) tecnicamente acaba com Lois em Superman: O Retorno, mas Marsden tem uma longa história de ser a segunda opção ou regularmente ter que provar a si mesmo como a melhor opção.

De lutar contra Wolverine como Ciclope nos filmes dos X-Men, para Diário de uma Paixão (onde é superado por Ryan Gosling) até Vestida para Casar (ele até fica com a garota, mas precisou se esforçar muito), Encantada (é descartado por Patrick Dempsey) e Westworld (sua namorada foi programada para amá-lo), Marsden normalmente não é muito amado.

Lois Lane certamente gosta de um tipo: ele se parece com o Superman com seus cabelos escuros e olhos azuis. Mas como culpá-la por ainda ter uma quedinha pelo ex?

Resultado de imagem para superman returns kevin spacey

Kevin Spacey convence como Lex Luthor

Após tantas acusações recentes de assédio sexual, Kevin Spacey está em decadência. Mas até alguns anos atrás, principalmente na década passada, Spacey era considerado um dos atores mais respeitados de sua geração em Hollywood.

Foi por causa disso que as pessoas ficaram tão surpresas quando o ator foi contratado pela Warner Bros. para ser o vilão Lex Luthor em Superman: O Retorno. Ele não decepcionou.

Como uma evolução da versão de Gene Hackman, seu Luthor se levava mais a sério, mas sem perder aquela essência de mestre do crime maluco. Spacey recebeu elogios da crítica pelo papel.

Imagem relacionada

Ideias para uma sequência

Em fevereiro de 2006, quatro meses antes do lançamento de Superman: O Retorno, a Warner Bros. anunciou uma data de lançamento para meados de 2009 para uma sequência, com Bryan Singer retornando como diretor.

Brandon Routh, Kate Bosworth, Kevin Spacey e outros também voltariam ao elenco, mas a produção foi cancelada porque Superman: O Retorno não gerou o retorno financeiro que se esperava. O longa custou mais de US$ 220 milhões e arrecadou quase US$ 400 milhões mundialmente, mas não era o bastante: o estúdio esperava ao menos US$ 500 milhões.

Em uma entrevista posterior, o roteirista Michael Dougherty admitiu que Superman: O Retorno teve muito pouca ação e que isto seria “consertado” na continuação, apresentando Brainiac e Bizarro como grandes vilões. A “massa de Krypton” jogada no espaço no terceiro ato de Superman: O Retorno teria importância na sequência.

Defensores famosos

Superman: O Retorno não caiu no gosto do público em geral, mas teve uma boa recepção com os críticos. Além disso, existem alguns “defensores famosos” do longa-metragem de 2006.

Em 3 de maio de 2009, quase três anos após a estréia, o cineasta e roteirista vencedor do Oscar Quentin Tarantino declarou seu apreço por Superman: O Retorno e revelou que chegou a desenvolver uma resenha de 20 páginas sobre por que o longa era muito bom.

Editor da revista Time, Richard Corliss chamou Superman: O Retorno de “uma das melhores produções com super-heróis de todos os tempos”.

A popular revista Empire listou Superman: O Retorno como 496º colocado em sua lista de “500 maiores filmes de todos os tempos” em 2009, dizendo: “Pode ter sido um retorno mais lento do que algumas pessoas esperavam, mas a visão de Bryan Singer sobre o Homem de Aço é heroica. É um espetáculo e conta com muito coração.”

Brandon Routh é o Superman clássico

Mesmo limitado a tentar imitar os trejeitos do imortal Christopher Reeve, Brandon Routh conseguiu entregar um bom trabalho como um Superman mais próximo dos quadrinhos clássicos.

Seu Clark Kent ainda é comicamente desajeitado e parece não ter muito jeito para interagir com as outras pessoas, enquanto seu Superman é seguro de si, mas parece se sentir sozinho durante a maior parte do tempo.

Elogiado pela crítica por ser assustadoramente parecido com Reeve em muitos momentos, Routh teria se saído ainda melhor com um material mais original, sem carregar tanto o peso de ser um sósia do Superman anterior. É justamente por causa disso que será interessante vê-lo trilhando seu próprio caminho em Crise nas Infinitas Terras.