Introduzido na quarta temporada, Castiel rapidamente se tornou um dos personagens mais queridos do público de Supernatural, parte pelo jeito inocente do anjo e pelo carisma do ator Misha Collins.

Mesmo sendo considerado um dos “mocinhos” de Supernatural, Castiel já aprontou poucas e boas com os irmãos Winchester.

O site Screen Rant listou as piores coisas que Castiel fez em Supernatural; confira abaixo!


Os Leviatãs

De boas intenções, o Inferno está cheio. Ao acreditar que era a melhor opção para reinar sobre a humanidade, o céu e o inferno, Castiel abre as portas do Purgatório. No processo, ele absorve 40 milhões de almas e os ancestrais Leviatãs. As criaturas terríveis conseguem tomar o controle do corpo do anjo, e se libertam para causar caos e destruição no mundo. A libertação destrói o corpo de Castiel, que retorna arrependido pouco depois.

O Titanic

Ainda sob a influência de seus novos poderes divinos e das almas do purgatório, Castiel toma uma medida drástica para conseguir mais poder. Ele muda a história e salva 50 mil pessoas do Titanic. O anjo não só brincou com o contínuo do espaço-tempo por seus próprios benefícios, mas também causou mudanças extremas no mundo e consequências terríveis para os irmãos Winchester.

Graça dos Anjos

Sem suas Graças, os Anjos perdem os poderes e se tornam mortais. Roubar a Graça de um Anjo é considerado um crime terríveis. Após perder seus poderes pelas ações de Metatron, Castiel rouba a graça do anjo Theo, um dos ajudantes de Malachi. Para piorar, a Graça não funciona por muito tempo, e Castiel quase absorve os poderes de outro Anjo, Adina.

A Queda dos Anjos

Por pura ingenuidade, Castiel é enganado e se torna um dos responsáveis pela expulsão de todos os Anjos do paraíso. O personagem cai nas armadilhas de Metatron e ajuda o anjo a executar um feitiço terrível. Castiel deveria ter desconfiado de Metatron, que nunca foi confiável em primeiro lugar. A ação também causou a morte de Naomi.

Deus

Durante a 7ª temporada de Supernatural, o poder de Castiel literalmente sobe à cabeça. O personagem absorve uma quantidade enorme de almas e passa a acreditar que é Deus, matando anjos e pessoas que não tem fé nele durante o processo.

Supernatural exibe sua 15ª e última temporada.