Coringa já pode ser considerado um dos filmes mais bem sucedidos de 2019. O longa de Todd Phillips inova ao mostrar uma visão diferente e criativa da história de um dos vilões mais icônicos da cultura pop, e atualmente colhe os louros de sua genialidade.

Embora tenha sido ovacionado em festivais de cinema e arrasado nas bilheterias do mundo todo, Coringa ingressa em um território delicado na disputa pelo Oscar. A Academia tem suas próprias concepções sobre quem deve vencer a premiação mais importante do cinema, e isso pode ser um problema para o filme de Joaquin Phoenix.

A revista Vanity Fair publicou uma matéria com os principais cenários que Coringa pode encarar no Oscar; confira abaixo e tire suas próprias conclusões!


Joaquin Phoenix

Coringa entrou na corrida pelo Oscar com pretensões de concorrer em praticamente todas as categorias da premiação. O fato do filme ter sido lançado para consideração da Academia em várias capacidades, não significa necessariamente que as indicações serão concedidas.

Por enquanto, a categoria célebre que Coringa tem mais chances de ser indicado (e possivelmente vencer) é a de Melhor Ator.

A performance de Joaquin Phoenix é com certeza o ponto alto de Coringa. O ator deslumbra com o perturbado Arthur Fleck, em uma interpretação crua que com certeza é uma das melhores do ano.

Joaquin Phoenix já foi indicado ao Oscar três vezes, mas não venceu em nenhuma.

Em relação aos votos da Academia, a situação fica um pouco complicada. Segundo a Vanity Fair, alguns membros importantes da organização não gostaram da maneira como Coringa trata a violência e como as personagens femininas são trabalhadas.

Por isso mesmo, existe a chance de muitos votarem na performance de Phoenix por si só, o que já seria suficiente para garantir uma vitória para Coringa deixando de lado as ditas imperfeições do filme de Todd Phillips.

Melhor Filme?

Ainda existe a possibilidade de Coringa conseguir apoio suficiente da Academia para ser indicado ao prêmio de Melhor Filme. Longas piores que Coringa já conseguiram em situações desfavoráveis, e por isso a inclusão do filme no principal prêmio da noite não pode ser ignorada.

Entretanto, a possibilidade de Coringa entrar na disputa de melhor filme é no mínimo difícil. Em geral, as críticas ao filme foram divididas. No site MetaCritic, o mais usado por membros da Academia, o longa cravou 59% de aprovação. Nos últimos 10 anos, apenas 4 indicados ao prêmio de Melhor Filme tiveram níveis piores.

A boa notícia é que Bohemian Rhapsody também sofreu com o mesmo problema no ano passado, e mesmo assim conseguiu sua indicação pela performance incrível de Rami Malek.

Além disso, filmes vistos como “obscuros”, “polêmicos” e “controversos” costumam aparecer na categoria de Melhor Filme (Trama Fantasma, A Favorita, Whiplash por exemplo). E Coringa conseguiu como ninguém inflamar as paixões do público, algo visto como essencial na celebração do Oscar.

Finalmente, a indicação de Coringa para o Oscar de Melhor Filme pode significar um comprometimento da Academia com um panorama mais diverso de filmes, sem perder de uma vez suas raízes mais sérias.

As outras categorias

Coringa quer concorrer nas categorias de Melhor Filme, Diretor (Todd Phillips), Roteiro Adaptado (Todd Phillips e Scott Silver), Ator (Joaquin Phoenix), Ator Coadjuvante (Robert De Niro), Atriz Coadjuvante (Frances Conroy e Zazie Beetz), Elenco, Direção de Arte, Design de Produção, Edição, Figurino, Efeitos Visuais, Edição de Som, Mixagem de Som, Maquiagem e Trilha Sonora.

Nas categorias técnicas, Coringa tem chances em Direção de Arte, Edição de Som, Mixagem de Som e Maquiagem. No entanto, muitas vezes a Academia prefere premiar nessas categorias filmes de época ou obras suntuosas.

De qualquer forma, as categorias técnicas são grandes chances de outros filmes que podem não alcançar sucesso nas partes mais célebres da cerimônia.

A categoria de Melhor Roteiro Adaptado também é uma ótima opção para Coringa. Todd Phillips e Scott Silver trabalharam por anos na história de Coringa, e o filme tem tudo para ser incluído entre os melhores do ano.

No final, a inclusão de Coringa em Melhor Roteiro Adaptado depende da recepção crítica de alguns filmes que ainda não foram lançados, como Little Women e Dois Papas.

Na categoria de Melhor Diretor, Coringa tem poucas chances. Phillips não fez nenhum favor para sua carreira ao dizer que a “cultura do politicamente incorreto está acabando com a comédia”. Declarações polêmicas como essa costumam desagradar (e muito) os votantes da Academia. Além disso, o Oscar vem preferindo premiar visões particulares na categoria de Melhor Diretor.

Finalmente, uma das granes chances de Coringa no Oscar vem em Melhor Trilha Sonora. Hildur Guðnadóttir fez um ótimo trabalho ao compor o clima musical do filme. O panorama sonoro do longa foi aclamado com unanimidade, e é uma das poucas “indicações certeiras” do filme para as premiações de Hollywood.

Coringa continua em cartaz nos cinemas brasileiros.