Desde sua primeira aparição em A Pedra Filosofal, Hermione Granger conquista o coração dos fãs de Harry Potter. A bruxinha vivida por Emma Watson foi essencial para as aventuras do Menino Que Sobreviveu, e segundo parte dos fãs, foi a verdadeira heroína da saga.

O site Screen Rant separou 5 provas que confirmam que Hermione foi a heroína perfeita nos filmes (e livros) de Harry Potter.

Confira abaixo!


Um encontro de arrepiar

Em Harry Potter e a Câmara Secreta, Ron e Harry ficam na mão após Hermione ser petrificada pelo basilisco. Os garotos não estavam nem perto de descobrir o verdadeiro mistério da Câmara Secreta, e até mesmo petrificada, Hermione consegue ajudar.

Harry descobre que Hermione não estava apenas carregando um espelho, para evitar o confronto direto com o Basilisco, mas também segurava a página de um livro com todas as informações importantes sobre o monstro, sem as quais os jovens nunca teriam conseguido derrotar a criatura.

Revolucionária

Um dos principais aspectos do heroísmo é o fato dos benfeitores sempre lutarem pelos mais fracos, colocando até mesmo o status social e a popularidade em risco.

Embora os filmes de Harry Potter não tenham tocado muito nesta trama, nos livros Hermione cria o Fundo de Apoio à Libertação dos Elfos, com a intenção de livrar todos os elfos domésticos da escravidão e dar uma vida melhor às criaturas.

Em um mundo de magia a todos os lados, Hermione é uma das poucas personagens que se preocupa com o bem de criaturas vistas por muitos como sub-humanas.

O desafio das poções

Outra parte importantíssima da trama de Hermione nos livros de Harry Potter acaba ficando também fora das aventuras do bruxo no cinema.

Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, Hermione soluciona utilizando apenas seu intelecto o 6º obstáculo das Câmaras Subterrâneas de Hogwarts: o Desafio das Poções.

Criado por Snape, o desafio não devia ser solucionado por mágica, apenas por raciocínio lógico. Dessa forma, sem Hermione, Harry nunca conseguiria chegar à Pedra Filosofal.

O momento mais sombrio

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte, Hermione é capturada pelos seguidores de Voldemort e torturada por Bellatrix Lestrange com a maldição Cruciatus. Vale lembrar que a vilã era especialista no uso do feitiço, chegando a enlouquecer os pais de Neville Longbottom com a técnica.

Hermione não dá o braço a torcer, e pouco depois de escapar, desenvolve um plano para se disfarçar de Bellatrix e invadir o cofre da bruxa em Gringotes e roubar uma Horcrux.

Sacrifício

O verdadeiro herói é aquele que coloca as necessidades dos outros acima de suas próprias. No quesito altruísmo, Hermione não é superada por nenhum personagem de Harry Potter.

O ato maior de abnegação de Hermione acontece em Relíquias da Morte. Em uma das cenas mais tocantes de Harry Potter, a bruxa apaga sua existência da memória dos pais. Utilizando suas grandes habilidades mágicas, ela faz seus pais acreditaram que são outras pessoas.

Ela faz isso para a segurança dos pais, que são trouxas. Por isso, o ato é ainda mais triste e memorável.