Quando o amado casal “Brangelina” chegou ao fim em 2016, a vida dos filhos de Angelina Jolie e Brad Pitt mudou para sempre.

Na época, rumores – reportados pelo jornal The Cut – afirmavam que o fim do casamento entre Angelina Jolie e Brad Pitt chegou ao fim por conta de uma briga entre Pitt e seu filho mais velho, Maddox, que aconteceu em um jato particular da família. De acordo com as fontes do jornal, a briga foi interrompida por Angelina Jolie.

Apesar da suposta briga não ter gerado consequências judiciais para Brad Pitt, é fato que sua relação com os filhos tem sido complicada desde 2016. Com o divórcio, as crianças de Angelina Jolie passaram por mudanças significativas.


O Nicki Swift falou sobre as mudanças na vida dos filhos de Angelina Jolie.

Maddox cresceu

Maddox Jolie-Pitt, de 18 anos de idade, é o filho mais velho de Angelina Jolie e Brad Pitt. Natural da Cambodja, o rapaz ingressou neste ano na Universidade de Yonsei, na Coréia do Sul, onde ele estuda bioquímica.

Questionado por um paparazzi sobre sua relação com Brad Pitt, Maddox Jolie afirmou que, “Bom… o que tiver que ser, será”.

Fontes do jornal Us Weekly afirmam que Brad Pitt desistiu de reparar sua relação com Maddox, especialmente depois da batalha judicial que ele iniciou contra Angelina Jolie pela guarda dos filhos.

Pax tem uma relação ainda pior com Brad Pitt

Maddox não é o único filho que Brad Pitt tem medo de perder. De acordo com os documentos judiciais obtidos pelo Us Weekly, Pax Jolie-Pitt, de 15 anos, foi um filho “indesejado” por Brad Pitt.

Segundo o jornal, Angelina Jolie disse ao garoto, nascido no Vietnã, que seu pai jamais quis adotá-lo, e que Brad Pitt ficou “irritado” quando ela decidiu adotá-lo mesmo contra a sua vontade.

Brad Pitt nega essas acusações, mas segundo o Us Weekly, ele de fato teve problemas com a adoção de Pax, que na época tinha 3 anos e não sabia falar inglês.

Zahara tem o estilo da mãe

Zahara Jolie-Pitt, de 14 anos, parece ter puxado o gosto para a moda que sua mãe tem. De acordo com o In Touch Weekly, Angelina Jolie serve de inspiração – e consultora de moda – para a filha.

Apesar da boa relação entre elas, há uma polêmica na vida de Zahara. Adotada em um orfanato na Etiópia por Brad Pitt e Angelina Jolie, a garota tem despertado muita saudade em sua mãe biológica, Mentewab Dawit Lebiso, que disse ao Daily Mail em 2017 que, “penso nela todos os dias e quero ouvir sua voz e ver seu rosto”.

Mas e a relação com Brad Pitt? De acordo com o Hollywood Life, Zahara não convidou seu pai para o seu aniversário de 14 anos – em janeiro deste ano – justamente por conta da relação conturbada que ele tem com Angelina Jolie. Apesar disso, a garota passou o Natal de 2018 ao lado do pai – Maddox e Pax não estiveram presentes.

Shiloh é idêntica ao pai

Shiloh, filha biológica mais velha de Brad Pitt e Angelina Jolie, aparentemente tem um comportamento um pouco diferente dos outros filhos da dupla.

Aos 13 anos de idade, Shiloh, que sempre foi destaque por ser “idêntica ao pai”, segundo a própria Angelina Jolie, está irritada por conta das constantes mudanças geradas pela mãe. Fontes da revista Star afirmam que Shiloh está cansada de “mudar de cidade em cidade”, o que a impede de ver seu pai com frequência.

Vivienne é a cara de Angelina Jolie

Vivienne Jolie-Pitt, de 11 anos de idade, é a filha que mais se parece com Angelina Jolie. Em 2014, a garota, que é irmã gêmea de Knox Jolie-Pitt, interpretou a versão mais jovem de Aurora em Malévola, atuando pela primeira vez ao lado da mãe.

Além disso, segundo Angelina Jolie, sua filha Vivienne gosta de praticar artes marciais. Em fotos divulgadas pelo Hollywood Life em janeiro de 2019 o destaque ficou por conta da semelhança entre as duas.

Knox já é um jovem rapaz

Knox Jolie-Pitt, assim como sua irmã gêmea, também tem interesse em atuação. Em 2016 ele fez a voz do personagem Ku Ku em Kung Fu Panda 3.

Assim como Vivienne, Knox é frequentemente visto ao lado de sua mãe, Angelina Jolie. Os três passam muito tempo juntos.

Apesar da fase conturbada, Jolie e Pitt estão chegando em um acordo

Em dezembro de 2018, Angelina Jolie e Brad Pitt chegaram a um acordo pela guarda dos filhos e apesar do desagrado de Angelina Jolie – que segundo o Hollywood Life, gostaria que o ex-marido tivesse conseguido menos tempo em custódia das crianças – ao que tudo indica a relação deles está melhorando.

De acordo com o Hollywood Life, em janeiro de 2019, Angelina Jolie declarou que todas as crianças do clã Jolie-Pitt passaram a demonstrar “traços parecidos com o pai”, o que acabou agradando a atriz, já que essas qualidades seriam as que “fizeram com que ela se apaixonasse por Brad”, segundo o jornal.

Ou seja, no fim das contas, Angelina Jolie e Brad Pitt parecem estar caminhando para uma direção mais amistosa na medida em que seus filhos crescem. Veremos como funcionará a dinâmica dessa polêmica – e curiosa – família a partir de agora.