Os vilões são personagens muito necessários nas histórias em quadrinhos de Marvel e DC – e até mesmo na cultura popular em geral.

Como antagonistas para os personagens principais, os vilões incendeiam a trama com sua maldade, mas muitos também trabalharam para o bem.

Aqui estão dez vezes em que os vilões de Marvel e DC trocaram de lado e se tornaram caras bons – ainda que brevemente.


Superior Spider Man Avengers

Doutor Octopus – O Superior Homem-Aranha

Nesta polêmica história da Marvel, o Doutor Octopus trocou de corpo com o Homem-Aranha porque estava morrendo. Na pele do seu pior inimigo, Octopus optou pelo mais surpreendente… ser um ótimo Homem-Aranha. Mas é claro que ele ainda tinha seus métodos problemáticos.

Venom Lethal Protector

Venom – Protetor Letal

Muita gente estranha que o Venom seja tratado como mocinho hoje em dia, porque foi um dos mais assustadores vilões do Homem-Aranha. A mudança começou com Protetor Letal, que serviu de inspiração para Venom, de 2018. A premissa: e se o Venom de repente fosse um cara adorável, mas que gosta de devorar pessoas?

Deathstroke DC Rebirth Team

Exterminador – Renascimento

Exterminador é vilão dos Jovens Titãs, mas também já causou estragos para super-heróis da DC como Batman e Arqueiro Verde. Durante o Renascimento da DC, Slade Wilson mudou de personalidade porque ficou cansado de todo o seu trabalho. Então, criou uma equipe de heróis com seus filhos e até Kid Flash.

Vampira – Uncanny X-Men

Vampira é uma das X-Men mais amadas de todas, mas começou como vilã. Por ter sido criada por Mística, Vampira entrou para a Irmandade de Mutantes. Mas logo percebeu que aquilo não era para ela e mudou de lado, numa das reviravoltas mais bem-vindas da história da Marvel.

Coringa – Noite de Trevas: Metal

Se não conhece o roteirista Scott Snyder, fique sabendo de uma coisa: ele é muito, muito megalomaníaco. No evento conhecido como Noite de Trevas: Metal, contado em uma escala impressionante até para os padrões da DC, o Coringa se aliou ao Batman. O motivo: o surgimento do Batman que Ri, que era uma mistura de ambos.

X-Men Cyclops Emma Frost

Emma Frost – Novos X-Men

Assim como Vampira, Emma Frost começou como uma vilã dos X-Men. Parecia uma versão oposta de Charles Xavier. No entanto, depois da morte de Jean Grey, Frost se aproximou de Ciclope e dos X-Men e até virou diretora da escola de Xavier.

Viúva Negra – Vingadores

Ao contrário do que foi mostrado nos cinemas, Viúva Negra não estava na primeira formação dos Vingadores. Ela trabalhava apenas para a União Soviética e, depois, para SHIELD e até teve seus desentendimentos com o Homem de Ferro. Foi o Gavião Arqueiro que conseguiu trazê-la para o lado dos mocinhos.

Lex Luthor Final Crisis

Lex Luthor – Crise Final

Pode parecer surpreendente, mas Lex Luthor é um personagem sensato… em algumas ocasiões. Não são raras as vezes em que ele se junta aos super-heróis da DC. Em Crise Final, por exemplo, ele foi essencial para impedir que a Equação Anti-Vida de Darkseid se espalhasse, ajudando Superman e o resto do mundo.

Doctor Doom Invincible Iron Man

Doutor Destino – Homem de Ferro

Doutor Destino é vilão do Quarteto Fantástico, mas basicamente representa uma ameaça para todos os personagens da Marvel. No entanto, em 2016, quando Tony Stark morreu, Doutor Destino decidiu substituí-lo como Homem de Ferro. Foi um desenvolvimento interessante, apesar de os quadrinhos não terem sido um grande sucesso.

Batman Catwoman 34

Mulher-Gato – Batman

Mulher-Gato é um caso interessante dos quadrinhos da DC. Mesmo quando era completamente uma vilã, existia uma química estranha entre ela e o Cavaleiro das Trevas. Chegou um momento em que a DC decidiu retrabalhá-la como anti-heroína e, depois, como uma importante aliada do Batman. Hoje em dia, não dá mais para imaginá-la totalmente contra o morcegão.