Ao longo dos anos, a Marvel sempre toma decisões controversas nos quadrinhos. É difícil agradar a todos e trazer ideias originais o tempo todo, então alguns erros acontecem.

Para bem ou para mal, separamos aqui 10 momentos em que a Marvel trouxe mudanças e retcons em sua mitologia, e que provocaram reações furiosas dos leitores.

Confira abaixo.


A nova origem de Pigmeu

Os fãs realmente odiaram quando a Marvel trouxe uma nova origem para o personagem Pigmeu, que tem a forma de um anão. Na nova versão, Pigmeu foi um gigante que teve o fardo de enfrentar o espírito de Razaar, e ao aprisioná-lo em seu próprio corpo, ele acabou diminuindo – agindo constantemente como uma prisão para o vilão.

Dum Dum é um androide

Dum Dum, um dos aliados do Capitão América no Comando Selvagem da Segunda Guerra Mundial, ainda está presente na fase contemporânea da Marvel. Trabalhando para a SHIELD, Dum Dum revela-se como um ser artificial. Nick Fury traz a bomba de que o soldado é na verdade um androide, da linha Disfarce de Modelo Humano (LMD).

Viúva Negra trai os Vingadores

A Viúva Negra é uma das personagens mais adoradas pelos fãs da Marvel, que certamente sofreram com sua traição. Ela se revelou uma espiã russa anti-americana, e suas ações levaram à morte da família do Gavião Arqueiro. Buscando vingança, o Gavião a mata.

Os filhos da Feiticeira Escarlate

Wanda Maximoff e o Visão tiveram uma relação amorosa nos quadrinhos, e isso resultou nos filhos Wiccan e Speed. Porém, posteriormente foi revelado que eles não eram reais, apenas manifestações do poder de Wanda. Mas aí os roteiristas viajaram ainda mais e os tornaram reais graças à revelação de que eram parte da alma de Mefisto.

Tony Stark adolescente

Essa é uma história bizarra. Quando o Homem de Ferro foi revelado como um mero peão de Kang, o Conquistador, os Vingadores recorreram a viagem no tempo para trazer uma versão adolescente de Tony Stark para ajudar no combate. A versão ficou conhecida como Iron Boy, e os fãs certamente não querem lembrar disso.

Wolverine descendente de lobos

O Wolverine já teve muitas origens diferentes nos quadrinhos, mas essa daqui foi o cúmulo. Em Romulus, a história é que Logan não é um mutante, mas sim um descendente uma raça de licantropos. Vamos todos esquecer que isso aconteceu.

Capitão América agente da HYDRA

Essa chegou nos ouvidos até de quem não é um grande leitor de quadrinhos. Na última página de uma das edições de Império Secreto, o Capitão América solta um “Hall Hydra”e se revela um agente nazista, traindo completamente o conceito do personagem. A Marvel logo consertou isso, justificando que Steve estava infiltrado na HYDRA.

Jean Grey sobrevive após a Fênix

A Saga da Fênix Negra é um dos ápices dos X-Men nos quadrinhos, especialmente por terminar com a morte de Jean Grey. Eis que uma nova história inventou que Jean não morreu, mas acabou protegida no fundo do mar por um casulo feito pela Fênix – agora fora de seu corpo.

O acordo de Peter com Mefisto

Os leitores de quadrinhos praticamente acompanharam o crescimento de Peter Parker nos quadrinhos, até o ponto em que já estava casado com Mary Jane Watson. O editor-chefe da Marvel na época, Joe Quesada, resolveu voltar ao básico e aí tivemos a HQ One More Day, onde Peter troca seu casamento para que a Tia May retorne à vida.

Gwen Stacy teve filhos com o Duende Verde

É, o Homem-Aranha já teve bizarrices nos quadrinhos. Nesse infame retcon, foi revelado que Gwen Stacy estava grávida de gêmeos de ninguém menos do que Norman Osborn, o Duende Verde. Esse teria sido, inclusive, o motivo para o vilão matá-la.