Atenção! Contém spoilers das HQs de The Walking Dead.

A trama de The Walking Dead na TV vem se desviando de maneiras importantes do enredo da história de Robert Kirkman nos quadrinhos. De algumas formas, a série acertou e conseguiu resultados, de outras, prejudicou sua própria história.

O site CBR listou alguns momentos das HQs de The Walking Dead que a série da AMC deve tentar ao máximo evitar.


Confira os exemplos apresentados pelo site abaixo!

A decisão de Negan

Nas HQs de The Walking Dead, Alpha encontra seu fim após cometer um erro terrível: confiar em Negan. A líder dos Sussurradores baixa a guarda após o anti-herói entrar para o grupo, e paga (literalmente) com a cabeça pelo descuido.

Após matar Alpha, Negan leva a cabeça da personagem para Alexandria com o objetivo de recuperar a confiança da comunidade.

Na série, Negan não precisa fazer nada para ganhar a confiança de Alexandria, já que foi condenado pela comunidade antes mesmo de escapar. A série pode inovar e inverter o ângulo das HQs, colocando Alexandria para se desculpar com Negan.

Duas mortes

The Walking Dead já modificou as mortes de vários personagens das HQs, incluindo Rosita e Ezekiel. Originalmente, os personagem fazem parte das primeiras vítimas de Alpha, cujas cabeças vão parar em estacas.

Agora que os personagens já sobreviveram ao fim previsto, The Walking Dead pode fazer o que quiser com eles. Os fãs esperam que como os dois foram poupados, a série pode estar os reservando para alguma grande trama no futuro.

O retorno dos Salvadores

Após a ação dos zumbis fora de controle sobre Alexandria, os Salvadores retornam e tentar aproveitar o estado fragilizado da comunidade para a realização de um golpe. Nas HQs, a narrativa ocupa um volume inteiro de The Walking Dead.

Como o arco dos Salvadores prejudicou bastante a audiência de The Walking Dead na TV, a última coisa que os fãs desejem é um retorno do grupo de personagens.

Clichê

Antes de Maggie assumir o controle total da Commonwealth, a HQ de The Walking Dead contou com um enredo separado abordando a corrupção interna da comunidade. Como todos esperavam, a líder original estava por trás do esquema.

A revelação de uma líder aparentemente gentil e inocente como uma grande vilã é extremamente clichê para uma série como The Walking Dead. Por isso, fãs esperam que a situação não seja refletida na trama da Commonwealth na série.

Final ambíguo

O final de The Walking Dead dividiu a opinião dos fãs. Embora muitos tenham adorado o tom otimista do último capítulo, muitos reclamaram de alguns arcos que ficaram sem resolução final, incluindo a apresentação do filho de Maggie como um novo vilão.

Como The Walking Dead provavelmente já está construindo um final definitivo que feche de maneira satisfatória mais uma década de produção, um desfecho ambíguo com certeza deve ser evitado.

The Walking Dead retorna com novos episódios em 2020.