Piadas, cenas deletadas, curiosidades, comentários dos roteiristas e diretores… Tudo isso está incluso na versão digital de Vingadores: Ultimato, lançada recentemente. Pensando nisso, o WhatCulture fez um apanhado dos conteúdos mais interessantes que foram revelados neste lançamento.

Listamos a seguir 12 fatos interessantes da versão digital de Vingadores: Ultimato que os fãs não ficaram sabendo.

Confira:


Os roteiristas de ‘Ultimato’ não acreditavam que o filme iria acontecer

Christopher Markus e Stephen McFeely, roteiristas de Vingadores: Ultimato, revelaram que inicialmente não botavam tanta fé na longevidade do MCU. Quando ambos estavam negociando para entrar na franquia – durante Capitão América: O Primeiro Vingador – ainda não havia a garantia de que o MCU iria tão longe. Por tanto, ambos os roteristas chegaram inclusive a ironizar a ideia de que a franquia ia prosperar dessa forma.

“Quando estávamos conversando [com o Marvel Studios] eles tinham lançado apenas dois filmes. Então essa ideia de que ‘Isso tudo vai se transformar em um universo gigante, contínuo e conectado’ era meio que distante, tipo ‘Ah, com certeza, vai sim, não temos dúvidas'”, revelaram os roteiristas de Vingadores: Ultimato.

Chris Evans fez jogo duro com a Marvel

No início, Chris Evans não queria viver o Capitão América, acreditando que o papel exigiria um comprometimento de muitos anos que ele não estava disposto a ter. Curiosamente, de acordo com Sarah Finn, Diretora de Elenco de Vingadores: Ultimato, essa atitude fez com que a Marvel quisesse o ator ainda mais.

“Até a relutância de Chris em se tornar uma estrela mostrou como ele era a escolha certa para o papel, porque o Capitão América também não é alguém que busca os holofotes. Ele foi humilde, foi modesto. Ele precisava sentir isso de verdade”, disse a Diretora de Elenco de Vingadores: Ultimato.

O traje de Resgate teve pouco CGI

O traje Resgate, usado por Pepper Potts na batalha final de Vingadores: Ultimato, foi feito quase que exclusivamente por efeitos práticos, o que é bem diferente do processo utilizado em diversos trajes e uniformes do filme.

De acordo com a produção de Vingadores: Ultimato, toda a parte de cima da armadura foi de fato construída com efeitos práticos. Apenas um detalhe ou outro que foi adicionado na pós-produção, por meio de computação gráfica.

O momento mais heróico do MCU

Em homenagem à Viúva Negra, que morreu em Vingadores: Ultimato, o lançamento digital do filme conta com um vídeo especial que celebra a trajetória da personagem no MCU. Nesse vídeo, os Irmãos Russo declaram que a morte da Viúva Negra é o momento “mais heróico de toda a história do MCU”, superando até mesmo o sacrífico de Tony Stark.

O traje do ‘Thor Gordo’

Em um vídeo especial, a versão digital de Vingadores: Ultimato mostra a transformação de Thor em ‘Thor Gordo’. Chris Hemsworth, ator que vive o personagem, teve que usar uma roupa especial que pesava algo em torno de 27-37 quilos para mudar sua aparência. Além disso, o ator também decidiu mudar a voz do personagem, para passar com mais veracidade sua transformação em uma pessoa que está sofrendo de depressão.

A frase excluída do Máquina de Combate

Em uma das cenas mais engraçadas de Vingadores: Ultimato, o Máquina de Combate faz um comentário irônico quando Thor faz a seguinte pergunta para Tony Stark, “O que você acha que está correndo em minhas veias?”.

No comentário original, Rhodes diz que ‘Cheez Whiz’ (um molho de queijo) é na verdade o que corre nas veias de Thor, mas os extras de Vingadores: Ultimato, divulgados na versão digital mostram outras respostas bem engraçadas, como “nachos”, “funnyuns” (uma espécie de salgadinho) e até mesmo o sentimento de “vergonha”.

Rocket é eletrocutado por Tony

Essa cena deletada é uma das mais engraçadas de Vingadores: Ultimato. Nela, Rocket Raccoon debocha do fato dos Vingadores terem tido dificuldade de enfrentar os Chitauri durante a Batalha de Nova York. Irritado com o menosprezo, Tony Stark eletrecuta Rocket e provoca gargalhadas em seus companheiros.

A Anciã e o refrigerante de laranja

Em uma piada, um membro da produção de Vingadores: Ultimato ergueu uma garrafa de refrigerante de laranja entre a Anciã e Bruce Banner, dando a impressão de que a maga teria invocado o produto para dar de presente ao Hulk. A cena é obviamente uma piada e não foi finalizada na pós-produção, sendo incluída apenas como uma brincadeira.

A Alpaca de Tony Stark

Em outra cena deletada de Vingadores: Ultimato, Pepper e Tony Stark conversam na cozinha de sua casa sobre sua Alpaca de estimação, Gerald, que estava comendo todas as frutas do quintal. Sim, Tony e Pepper possuem uma Alpaca de estimação e certamente teria sido divertidíssimo ver esse animalzinho no filme.

Tony Stark cita Howard, o Pato

Howard, O Pato, um dos personagens mais exóticos da Marvel, aparece como um easter egg ao final de Vingadores: Ultimato, mas essa não é a única menção que o personagem recebe no filme.

Na cena de Vingadores: Ultimato em que Tony Stark discute a união de todos os Vingadores com Steve Rogers, temos uma piada – que foi deletada – em que Tony diz a Steve para garantir que todos sejam convocados, gritando logo depois “M*rda, um pato!”, o que é uma referência clara a Howard, o herói mais bizarro dos quadrinhos da Marvel.

Os Vingadores se ajoelham

A mais espetacular cena deletada de Vingadores: Ultimato é a cena em que os heróis homenageiam o sacrifício de Tony Stark de maneira tocante, se ajoelhando um por um em respeito à seu principal líder. É claro que tivemos o funeral do personagem depois – que também foi emocionante – mas essa cena certamente traria mais lágrimas ainda para os olhos dos fãs da Marvel.

Melhores cenas foram planejadas em artes conceituais

Os heróis mais subestimados de Vingadores: Ultimato – e do MCU como um todo – são os profissionais do Grupo de Desenvolvimento Visual do Marvel Studios. São eles os responsáveis por planejar as cenas de ação mais icônicas dos filmes, por meio não só de artes conceituais, mas também de dicas até na hora de gravar as cenas específicas.

Entre elas, os Irmãos Russo confirmaram que a icônica cena do elevador do Capitão América – referenciada em Vingadores: Ultimato – foi parcialmente planejada pelo eficiente Grupo de Desenvolvimento Visual da Marvel.