A Netflix ainda não revelou quando a quarta temporada de Stranger Things chega ao catálogo, mas as teorias correm soltas entre os fãs.

Como a série dos irmãos Duffer é praticamente formada por referências, temos algumas sugestões para onde seguir a história no próximo ano.

Confira abaixo.


De Volta para o Futuro

Os irmãos Duffer andam brincando com essa referência há anos. Hora de assumir. Viagem no tempo! Vamos colocar viagem no tempo na pequena Hawkins (há rumores de que isso realmente possa acontecer), e nada melhor do que olhar para a obra de Hollywood definitiva sobre o assunto! O Mundo Invertido está cheio de coisas bizarras, então por que não viajar no tempo para entender (e talvez alterar) a história da franquia?

Amanhecer Violento

Com os russos sendo apresentados como vilões da temporada passada (afinal, é a União Soviética), podemos esperar que a “ameaça vermelha” volte mais uma vez nesta quarta temporada. A terceira apenas referenciou o famoso Amanhecer Violento, filme em que alunos de uma escola precisam se equipar e defender a nação quando uma invasão russa os surpreende, então por que não apostar em uma grande batalha entre o povo de Hawkins e os misteriosos soviéticos? (Por favor gente, estamos falando de um estereótipo oitentista, nenhuma indireta política). 

Carrie, a Estranha 

E se Eleven tiver uma reviravolta sombria? Quando a encontramos no final da terceira temporada, ela misteriosamente perdeu seus poderes. A quarta temporada certamente vai abordar isso, então fica a sugestão de ir para um caminho de Carrie, A Estranha (década de 70, eu sei, mas a ideia é promissora). Os poderes de Eleven retornam, mas a jovem – agora em outra cidade – desenvolve uma personalidade destrutiva e assustadora. Ok, é mais Saga da Fênix Negra, mas a referência a Brian De Palma abriria o leque para mais terror.

Os Aventureiros do Bairro Proibido

Eu não sei vocês, mas pessoalmente estou farto e entediado com todos os novos monstros CGI que anualmente atacam a cidade de Hawkins. Vamos tentar algo novo, pode ser? A dica fica com o divertidíssimo Os Aventureiros do Bairro Proibido, de John Carpenter, ande o herói de Kurt Russell ajuda um grupo de crianças a enfrentar feiticeiros sinistros. Isso aí, tragam magia para Hawkins!

Aliens, O Resgate

Vimos o Mundo Invertido de forma mais misteriosa nas primeiras temporadas, mas nunca chegamos a conhecer toda sua dimensão. A primeira temporada envolveu a entrada de Eleven para salvar Will nessa dimensão, mas fica minha sugestão de uma grande missão ao estilo do excepcional Aliens para dentro do Mundo Invertido: Mike, Eleven, Lucas, Dustin, Will e toda a gangue em uma grande sequência de ação (ou arco de episódios) dentro do lugar assustador – aqui, tudo bem, podemos ter novas criaturas.

Fuga de Nova York

Mais um de John Carpenter, por que não? Novamente com Kurt Russell, já que o Hopper de David Harbor é praticamente uma junção dos diversos perfis de astro de ação da década de 80, mas agora com um tema bem apropriado: fuga de prisão. Em Fuga de Nova York, Russell vive Snake Plissken , um agente durão que precisa se infiltrar na cidade de Nova York (agora uma gigantesca prisão) para resgatar o presidente dos EUA. Há indícios de que Hopper está preso na Rússia, então a referência se completa. Se tiver tapa-olho, é bônus!

Tron: Uma Odisseia Eletrônica

Em mais uma tentativa de tentar fugir do Mundo Invertido, uma nova ameaça poderia ser introduzia no mundo de Stranger Things: o digital. A ideia de se perder dentro de um videogame foi muito explorada, especialmente pelo divertido Tron, e poderia render um arco secundário interessante em que Dustin ou Max (os maiores jogadores da série) se encontrassem perdido em um cenário virtual. É também mais um filme com Kurt Russell…

Clube dos Cinco

Vocês podem imaginar Stranger Things sem nenhum evento sobrenatural? Literalmente, apenas a exploração e desenvolvimento dos romances, amizades e diferentes relações entre os personagens? Um tédio para a maioria, provavelmente, mas eu adoraria ver um arco focado unicamente em diálogos a lá John Hughes e uma tirada do acelerador – principalmente considerando que alguns personagens se separaram no final da terceira temporada.