Rogue One | Roteirista achou que a Disney rejeitaria o final

TEXTO PODE CONTER SPOILERS!

Rogue One: Uma História Star Wars emocionou diversos fãs da saga ao redor do mundo ao transportar o espectador para os eventos ocorridos cronologicamente antes do primeiro filme, nos mostrando o que levou a sequência de planos de Luke Skywalker envolvendo a Estrela da Morte.

Gary Whitta, roteirista do filme, disse ao ComicBook um pouco sobre as suas experiências em relação a escrever o filme.

“Eu nunca acreditei que eles nos deixariam matar quase todos os personagens ao final do filme. Esse era meu instinto original. Na reunião para o roteiro eu disse ‘eu sinto que todos eles precisam morrer, mas de jeito nenhum eles vão nos deixar fazer isso. Lucas, Disney, não vão deixar que a gente simplesmente mate todo mundo. E mesmo assim, eles permitiram”, disse ele.

A edição em Blu-ray e DVD de Rogue One: Uma História Star Wars será lançada no Brasil em 5 de abril – veja detalhes.

Novo livro servirá como sequência do filme

Últimas do site:


Vídeos

Últimas do site: