As mudanças de Liga da Justiça, desde que Zack Snyder era sozinho o diretor do filme da DC, até a saída dele e a chegada de Joss Whedon para refilmagens, ficaram nítidas quando o longa saiu.

E segundo um storyboard (uma espécie de rascunho do filme em imagens desenhadas), várias cenas que Snyder montou para o longa não apareceu no corte final, principalmente a reaparição da cena “pesadelo”, no qual Batman se vê em um futuro alternativo, além da aparição de Darkseid, que está sendo programado como o principal vilão do DCEU.

Dentro desse storyboard, informações contidas explicam que a relevância da cena do “pesadelo” é para mostrar novamente à Bruce que a Liga da Justiça já está junta e montou seu Hall da Justiça na Mansão Wayne e que Darkseid, usando as caixas-mães, destruiu a Terra e que Superman se aliou ao vilão, principalmente após o incidente que matou Lois Lane, no qual o herói acusa Batman.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Outra cena de Liga da Justiça que aparentemente estava no rascunho de Snyder era uma outra sequência de sonho/premonição, mas nesse caso, com Ciborgue. Feito por tecnologia de Apokolipse (planeta de Darkseid), isso explicaria o porque de sua reação com Superman, afirmando que sua armadura é o seu sistema de defesa.

Além disso, o que consta é que Snyder estava decidido a colar Darkseid em uma sequência, Liga da Justiça 2, dessa vez, como o principal vilão, já que segundo sua linha narrativa – que não foi muito seguida nos corte final de Liga da Justiça, que seguiria o mesmo universo de Batman v Superman -, as menções ao vilão são comuns.

O próximo filme da DC é Aquaman, que estreia em 21 de dezembro de 2018.

LEAVE A REPLY