Jornais da Indonésia revelaram essa semana que o país pretendia censurar 7 minutos de Vingadores: Guerra Infinita, para que os padrões do país permitissem que o filme continuasse com a censura para 13 anos ou mais.

Um porta-voz da Disney, desmentiu o jornal, dizendo que houveram erros sobre a informação em relação à versão do filme no país. Não é a primeira vez que um país asiático tenta censurar a Disney. A China já teve problemas com Piratas do Caribe e o terceiro filme da franquia foi aos cinemas do país sem a participação de Chow Yun Fat como Sao Feng.

Vingadores: Guerra Infinita | Diretor fala sobre possível saída de Robert Downey Jr. da Marvel

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Segundo o EW, Vingadores: Guerra Infinita está vendendo mais do que os últimos sete lançamentos da Marvel combinados em ingressos antecipados – saiba mais do número aqui.

Novas projeções indicam que o filme deve se tornar o maior lançamento da história nos Estados Unidos, superando os números feitos por Star Wars: O Despertar da Força – leia mais.

No filme dos Irmãos Russo (Capitão América: Guerra Civil), os super-heróis mais poderosos da Terra e da galáxia se juntam para lutar contra Thanos (Josh Brolin), que pretende reunir as poderosas Joias do Infinito e tomar controle sobre toda a realidade.

Vingadores: Guerra Infinita estreia nos cinemas em 26 de abril de 2018.

Deixe o seu comentário