John Lasseter

Seis meses depois de acusações de assédio sexual e conduta inapropriada afastarem John Lasseter do cargo de chefe da Pixar e do setor de animação da Disney, o estúdio está considerando trazê-lo de volta.

É o que diz o Wall Street Journal, ressaltando que Lasseter, que desde as denúncias passa por um “período de férias” (ou seja, não foi oficialmente demitido), teria uma nova posição na companhia – mais criativa do que gerencial.

Depois de Viva: TODOS os filmes da Pixar que chegarão nos próximos anos

Antagonicamente, em fevereiro o THR reportou que reuniões estavam acontecendo dentro da Pixar para “discutir caminhos sem Lasseter na liderança”, visto que o diretor de Toy Story e Carros não tinha previsão de retorno.

Nomes como Pete Docter (diretor de Up: Altas Aventuras) são levantados como possíveis substitutos de Lasseter.

O apego da Disney a Lasseter não é surpreendente, visto que o animador foi responsável por tirar o setor de desenhos da empresa do que era considerado uma “falência criativa” durante o começo dos anos 2000.