Muitos podem dizer que o cinema nacional leva poucas pessoas ao cinema, quando em comparação aos grandes blockbusters de Hollywood. Mas parece que agora outro produto do Brasil tem levado as pessoas às salas.

Apesar de ser uma atração passageira, a Copa do Mundo tem seu lugar nas telonas e, dessa vez, se os atores são brasileiros, mais pessoas estão dispostas a pagar pelo ingresso.

Quase 6 mil pessoas, num total de aproximadamente 5900 pessoas foram a 189 salas que exibiram a estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, onde o Brasil enfrentou a Suíça e amargou um empate de 1 a 1.

Assim, o jogo ficou com a colocação de número 11 no ranking de bilheteria do fim de semana, na frente de filmes nacionais como Não Se Aceitam Devoluções e Eu Só Posso Imaginar.

Mesmo quando a atração é futebol, o Brasil não sai na frente: A final da UEFA Champions League que contou com a partida entre Real Madrid e Liverpool, com vitória do time espanhol, levou 22,2 mil espectadores ao cinema, um número quase que 4 vezes maior.