Para o público, Megatubarão é uma das surpresas positivas de 2018. Depois de receber boas críticas e começar bem nas bilheterias, a ação conquistou mais uma importante marca.

Neste final de semana, o filme da New Line ultrapassou a marca de US$ 500 milhões nas bilheterias ao redor do mundo. Apesar da surpreendente marca, as últimas informações são de que o estúdio esperava por esse retorno.

A trama envolvendo o monstruoso tubarão tem orçamento avaliado entre US$ 130 milhões e US$ 180 milhões, sendo parte desse investimento em publicidade pesada. Com o sucesso, o estúdio já começou a trabalhar em uma continuação.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Megatubarão 2 | Autor sugere dinossauros e mais monstros marinhos para continuação

Em Megatubarão, Jason Statham interpreta um homem que é convocado para resgatar uma equipe de pesquisadores que fica presa em um submarino e é cercada por um gigantesco tubarão.

O elenco ainda conta com Ruby Rose, Rainn Wilson, Jessica McNamee, Bingbing Li e Masi Oka.

Jon Turteltaub (A Lenda do Tesouro Perdido) dirige o filme a partir do roteiro de Dean Georgaris e Jon e Erich Hoeber, que adaptam a obra homônima de Steven Alten.

Megatubarão já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

1 comentário

  1. Warner, né?! Único estúdio que consegue lucrar no Outono americano. Mas fora isso, o filme tem lá seus méritos. É um bom ‘filme pipoca’, que você assiste sem grandes pretensões e que serve para se divertir.

    No entanto, eu não apostaria numa sequência, pois o filme fez relativo sucesso devido a jogada de Marketing da Warner e do grupo de canais Discovery no USA (que exibiu a Shark Week na semana de lançamento do filme), e a total falta de concorrência no período. Além disso, 50% da bilheteria veio só da China. Se eu fosse a Warner, ficava feliz pelo sucesso, mas não apostaria em outro, pois uma sequência tem grandes chances de se sair muito ruim.

Deixe o seu comentário