Hail, Hydra! A revista Steve Rogers: Captain America #1 pode ter sido polêmica entre fãs (que chegaram a queimar exemplares na rua), mas a polêmica reviravolta no passado do Capitão América garantiu um sucesso de vendas para a Marvel. A revista simplesmente sumiu das prateleiras das bancas americanas, e agora vai ganhar reimpressão.

“Foi difícil manter essa reviravolta em segredo por tanto tempo”, disse o diretor de marketing da editora, David Gabriel. “Quando a revista saiu, foi excitante ver como ela tomou o mundo inteiro de assalto. As nossas vendas aumentaram muito, e apesar de já termos colocado um número maior de exemplares nas bancas em primeiro lugar, elas simplesmente venderam todas, e faremos uma reimpressão com algumas capas novas”.

Tal reviravolta não agradou nem mesmo o intérprete do Capitão América nos cinemas, Chris Evans, que manifestou numa rede social sua insatisfação com a mudança na história do personagem – veja aqui.


Fãs fazem campanha para Capitão América ganhar namorado

A reviravolta reflete uma história focada em Nick Fury em 2008, que também sugeriu que o chefão da S.H.I.E.L.D. era na verdade um agente da HYDRA. Segundo informações, o primeiro arco de Captain America: Steve Rogers deve mostrar a luta pelo poder entre duas facções da organização terrorista – e Steve pode acabar na liderança do movimento.