Um dos eventos mais populares dos quadrinhos da Marvel é a história Dinastia M, de Brian Michael Bendis e Olivier Coipel, que drasticamente diminuiu a população dos mutantes na Terra. No seu desfecho, a Feiticeira Escarlate perdeu controle de suas habilidades, enquanto se cansou da guerra entre os humanos, X-Men, Vingadores e sua própria família.

Para mudar isso, ela tirou os poderes dos mutantes sussurando “não mais mutantes”, reduzindo a população de mutantes de milhões para aproximadamente 200 quase instantaneamente.

Agora, Infinity Wars: Weapon Hex revisita esse dia fatídico em outra realidade alternativa, reescrevendo os eventos de Dinastia M.


Demolidor | Importante personagem dos X-Men é introduzido na 3ª temporada

Na nova HQ, Laura Kinney (a X-23) acaba se fundindo com a Feiticeira Escarlate. Enquanto isso, seu pai, Herbert Wyndham, Magik e o culto dos dois permanece fazendo experimentos com Kinney, com uma contagem regressiva para o Dia M indicando eventos trágicos em breve.

Quando o dia chega, Kinney acaba entrando em uma fúria ensandecida e acaba matando a única pessoa que a amava, sua mãe. O Dia M, portanto, não é algo global nesse arco dos quadrinhos e sim bem específico, afetando exclusivamente Laura, trazendo consequências catastróficas para ela.

Infinity Wars: Weapon Hex já está à venda, nos EUA.