Cuidado! Contém SPOILERS de Homem-Aranha #1!

O diretor J.J. Abrams, de Star Wars, e o seu filho Henry estão escrevendo uma minissérie do Homem-Aranha. A trama já começou chocante.

Mary Jane Watson é morta pelo novo vilão da editora, Cadaverous, e a trama dá um salto de 12 anos. Peter Parker larga o manto do herói e cuida, não muito bem, do seu filho Ben, que teve com a amada.


A história passa a focar mais em Ben. Um garoto problemático que não tem medo de enfrentar os valentões da escola – senso de justiça que herdou do seu pai.

Peter deixa a Tia May criar Ben praticamente sozinha. Esse traço pode incomodar fãs do herói.

Na nova minissérie, Peter abandona as suas responsabilidades, ignora o filho e praticamente foge de casa por conta do luto de ter perdido Mary Jane. A desculpa do personagem é sempre estar viajando a trabalho. Não é o herói que todos conhecem.

Até por isso, os fãs começam a se preocupar que a história de J.J. Abrams pode acabar como One More Day, considerada uma das piores tramas da Marvel e a pior do Homem-Aranha. O cenário é, de certa forma, parecido.

Peter Parker foge de suas responsabilidades e aceita um acordo com Mefisto, o Rei do Inferno, para salvar Tia May. Em troca, abre mão de todas suas memórias com Mary Jane e modifica boa parte do passado do universo Marvel.

Claro que a minissérie não é canônica. Além disso, a história caminha para Ben ser o novo Homem-Aranha.

Foi confirmado que na Disney+ terão séries dos X-Men, do Homem-Aranha e do Quarteto Fantástico! O que? Kristen Stewart como uma Capitã América lésbica? Você viu que o Pantera Negra irá liderar os Guardiões da Galáxia na Fase 4? E que Steve Rogers deve voltar como vilão na Fase 4? Tudo isso você encontra no Observatório de Séries!

Homem-Aranha #1 está disponível nas bancas de quadrinhos.