ALERTA DE SPOILERS

Um dos momentos que mais enfureceu os fãs em Vingadores: Guerra Infinita foi proporcionado pelo Senhor das Estrelas.

Quando os heróis tinham Thanos sob controle em Titã, e estavam quase tirando sua Manopla do Infinito, um ataque de fúria de Peter Quill pela morte de Gamora acabou estragando todo o plano.


Agora, uma personagem da DC tomou uma atitude idêntica nos quadrinhos, e também acabou se dando mal com isso.

Em Liga da Justiça #34, Starman está sincronizando-se através de várias linhas do tempo para levar os fragmentos da Totalidade a Will Payton, e a Mulher-Gavião precisa seguir um conjunto preciso de pedidos.

Suas asas retêm energia residual, e Will precisa disso para ligar o Ultra-Monitor para que eles possam destruir Perpetua.

No entanto, como vimos várias vezes nos quadrinhos, Kendra deixa suas emoções tomarem conta, e isso acaba a prejudicando nas missões.

Will avisa a ela para não sair da formação enquanto eles lutam contra Lex Luthor – o Apex Predator – e Perpetua, pois ele precisa dela para recuperar os fragmentos quando todos os heróis voltarem do passado e do futuro.

Kendra tem que combinar seus poderes com o Ultra-Monitor para ajudar a dar o golpe fatal, mas em vez disso, sai para atacar Lex por matar o Caçador de Marte, seu parceiro romântico.

A heroína abandona Will e tenta esmagar Lex. No entanto, ele sente o ataque, se esquiva e a apunhala. Infelizmente, com isso, a energia de Will se dissipa e ele não consegue abrir o portal para trazer os heróis.

Os heróis não podem se unir aos fragmentos da Totalidade, o que leva Perpetua a destruir o Ultra-Monitor e trazer o Anti-Monitor para o lado do mal novamente.

Enquanto Lex se vangloria de ter acabado com a Mulher-Gavião, ela não consegue acreditar nas consequências de suas ações, piorando ainda mais quando Perpetua esmaga Starman na palma de sua mão.

Agora, Perpetua está livre para remodelar o universo como ela achar melhor, porque não há ninguém poderoso o suficiente para impedi-la.

Veremos as consequências desses atos em Liga da Justiça #35, que chega às bancas de quadrinhos norte americanas em 6 de novembro.