Cuidado! Spoilers de Absolute Carnage #4 abaixo.

Na nova edição da HQ Absolute Carnage, o vilão Carnificina fez o impensável: Ele finalmente conseguiu absorver o simbionte de Venom.

Com isso, o Carnificina se transformou em sua versão mais poderosa na história da Marvel até o momento, o que o coloca mais próximo de sua missão de trazer Knull – o Deus dos simbiontes – para a Terra.


Porém, em uma medida desesperada para enfrentar o Carnificina, Eddie Brock (o Venom) vai na máquina utilizada pelo Carnificina – que continha partes do poder do simbionte de heróis como Capitão América e Wolverine – e utiliza-a para criar uma nova forma do Venom.

Com seu novo corpo, Venom ganhou um par de asas para entrar em combate com o Carnificina e derrotá-lo de uma vez por todas.

“Eles caem dentro de mim […] A voz do Capitão América grita ordens e estratégias de guerra, o ódio do Wolverine está atiçando meu sangue com fogo ancestral. Eu vejo pelos olhos diamante do Gavião Arqueiro […] Nós estamos mais fortes porque estamos juntos. E juntos, nós somos Venom”, diz Eddie Brock em um monólogo.

Absolute Carnage #4 da Marvel estão disponível.