O retorno dos mutantes à Marvel criou uma nova era para os X-Men. Eles agora vivem em Krakoa, uma nação soberana separada da humanidade.

Graças aos poderes dos Cinco e à tecnologia do Cérebro, eles praticamente erradicaram a morte de sua cultura. Mas um ataque surpresa de inimigos da espécie mutante quase levou todo o experimento de Krakoa ao fim.

X-Force #3 revela que toda a preocupação era por nada. A segurança contra falhas funcionou e a nova era de ouro dos mutantes da Marvel continuará, mas um importante personagem dos X-Men retornou.


Muito barulho por nada

Em X-Force #1, um grupo de vilões atacou Krakoa. Graças a alguma sorte extra que eles fabricaram enxertando a pele de Dominó em seus corpos, os vilões conseguiram assassinar o Professor X.

Este foi um problema para os X-Men. A capacidade do Professor X de usar o Cérebro é essencial para os protocolos de ressurreição.

Ao usar o Cérebro, ele armazena consciência de todos os mutantes na Terra. Então, depois que os Cinco criam um novo corpo, o Professor X mentalmente carrega as memórias do mutante ressuscitado, restaurando-as como eram.

Mas com o Professor X morto e seu capacete destruído, o futuro desse processo de ressurreição era incerto. Os capacetes de backup foram mantidos escondidos para Jean Grey usá-los para tentar trazer o Professor X de volta, mas não havia garantia de que o processo funcionaria.

Em X-Force #3, o processo realmente ocorre sem problemas. Professor X está novamente entre os vivos.

X-Force #3 já está à venda pela Marvel nos Estados Unidos.