ALERTA DE SPOILERS

Após os eventos de Absolute Carnage, Eddie Brock está aparentemente nas boas graças dos Heróis Mais Poderosos da Terra, mais uma vez.

Esta semana, a primeira edição da série Venom de Donny Cates, Venom #21, chegou às prateleiras para mostrar a todas as consequências do evento devastador.


O convite

O problema começa com Eddie sendo trazido para a Montanha dos Vingadores e enfrentando o Capitão América, que surpreendentemente oferece a Eddie / Venom para se juntar a equipe.

No entanto, graças aos resultados reais da guerra com Carnificina que mais ninguém na Terra conhece, Eddie precisa ir embora.

No final de Absolute Carnage, Eddie pode escolher entre matar seu filho Dylan e interromper o Carnificina de uma vez por todas, ou manter Dylan vivo e acordar Knull, o deus simbionte.

Eddie escolhe o último e sabe que o perigo ainda está a caminho. Os Vingadores, no entanto, não têm ideia de que Knull está chegando, e acreditam que Eddie salvou todos.

Quando o Capitão América revela a Eddie que toda a equipe está esperando para conversar com ele, ele responde chocado: “Você quer que eu seja um Vingador?”

“Talvez, talvez não”, diz Cap. “Como eu disse, estamos apenas conversando. Muito disso depende de você e do que você deseja. E, obviamente, você tem o meu voto. Mas a equipe e eu teremos que conversar sobre isso. Por enquanto, por que você simplesmente não conhece todo mundo?”

Eddie rapidamente diz à equipe que ele precisa passar mais tempo com Dylan e descobrir as coisas, mas que ele as informará mais tarde. Todo mundo está entendendo seu cenário, mas parece claro que Eddie não aceitará a oferta tão cedo.

Venom #21 já está à venda nas lojas de quadrinhos norte-americanas.