Durante entrevista ao site espanhol Los Siete Reinos, o ator John Standing, o Jon Arryn de Game of Thrones, revelou que chegou a gravar a morte do seu personagem para o episódio piloto mas a sequência foi cortada pela HBO.

Arryn é a Mão do Rei Robert Baratheon e sua morte dá início a uma cadeia de eventos importantes da série. Quando Arryn morre, Baratheon viaja até Winterfell com o objetivo de recrutar Ned Stark para torná-lo a nova Mão do Rei. E Stark chega a desconfiar das circustâncias em torno da morte de Arryn.

Na quarta temporada, foi levantada a possibilidade de um assassinato ao ser revelado que Petyr Baelish convenceu a esposa de Arryn, Lysa, a envenená-lo, embora as suspeitas do público sempre terem recaído sobre os Lannisters. E de acordo com John Standing, a cena da sua morte em Game of Thrones de fato sugere que um Lannister foi o culpado.


Com o corte da cena, o ator só pôde ser visto durante o funeral do personagem, já como um defunto. Veja a imagem abaixo, com a entrevista de Standing:

Jon_Arryn_funeral

Ator confirma morte de Jon Snow

A sexta temporada de Game of Thrones começa a ser exibida em 24 de abril. A série costuma ter suas temporadas lançadas entre o final de março e início de abril, mas este ano a première vai atrasar em função da exibição de Vinyl, nova série de Martin Scorsese, que estreia em fevereiro.

Teasers da sexta temporada destacam as casas de Westeros

8 vezes que a série foi longe demais