As “mentirosinhas” não serão mais adolescentes quanto Pretty Little Liars retornar do hiato nos EUA.

Pelo menos é o que garante Marlene King, a criadora da série, que descreveu o tom da segunda metade da sexta temporada em entrevista ao TV Line.

“Definitivamente ousaremos mais [nos próximos episódios]. Eu não diria que a série ficará mais sombria, mas as apostas são altas. E todos nós crescemos mais. Esse é o melhor jeito de descrever o resto da temporada: todas elas cresceram”.


Ainda segundo King, “terá muita estranheza na segunda metade da temporada”, com as protagonistas retornando a Rosewood. “Velhos hábitos custam a morrer, então quando você junta todos esses personagens numa cidade pequena, sempre vai haver conflito. Existe amor, mas também rola muita tensão”, acrescentou.

Marlene também falou sobre a passagem de tempo de Pretty Little Liars, adiantando que Emily “de longe é a personagem mais danificada e prejudicada pelo que aconteceu nesses últimos cinco anos”.

Quanto ao novo vilão da temporada, o Uber Bad, “nós descobriremos muito em breve o que este ‘Uber Bad’ quer, mas não saberemos quem é por um tempo”, disse a produtora.

Só não esperamos que o mistério, assim como a revelação da identidade de “A”, perdure por mais 130 episódios…

Criadora diz se a série vai acabar na sétima temporada

Pretty Little Liars retorna do hiato nesta terça-feira, 12 de janeiro, nos EUA.